Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

FICAREMOS PERDIDOS?

20/05/2010

Peça criada pela Publicis para a última temporada da série

A trama que colocou no ar o maior número de mistérios nos últimos seis anos está chegando ao fim. Lost nasceu com ares de super produção e se transformou em fenômeno mundial. O "The End" poderá ser visto pelos brasileiros na próxima terça-feira, 25.

Certamente você já deve ter conversado com um lostmaníaco e escutado dele a pergunta: "E agora, o que vai ser?". A série vai deixar um buraco na imaginação daqueles que eram estimulados a cada capítulo pela trama, cheia de mistério, ficção e com uma pitada de drama.

Em cinco temporadas repletas de reviravoltas, o programa ultrapassou os limites da televisão e se tornou multiplataforma, agregando mídias e produtos. As teorias em torno da série rapidamente se propagaram na internet, em revistas e nas rodas de conversa. Munidos de perguntas e de muita imaginação, os fãs criaram vários canais virtuais para compartilhar teorias e participar de discussões.

Só no Orkut mais de mil comunidades fazem referência à série e a seus personagens. O Facebook contabiliza mais de 500 grupos na categoria "artes e entretenimento". No blog desenvolvido por fãs Dude We are Lost (dudewearelost.blogspot.com/), os internautas podem acompanhar notícias diretamente do site do canal ABC (que transmite o seriado nos Estados Unidos) em vídeos, preview, entrevistas e podcasts.

A enciclopédia virtual Lostpedia reúne todas as complexidades da série. Além dos posts e fóruns de discussão, há informações sobre todos os personagens - sejam os principais, os que morreram, sejam os que aparecem em flashbacks. Tudo dividido por categoria, de acordo com o contexto em que foram aparecendo. E ainda oferece aos fãs uma espécie de "memória" com um especial sobre os mistérios não desvendados e também as empresas que fizeram parte da história - como a companhia aérea Oceanic Airlines, a loja de fast-food Mr. Clucks (comprada por Hurley) e até mesmo a agência de viagens Melbourne Walkabout. Em todos os links o internauta encontra uma descrição completa sobre a importância de cada personagem e cada entidade na história.

Os fãs não se limitaram ao universo virtual e passaram a promover encontros, batizados de Dharma Day. As reuniões acontecem em São Paulo e são combinadas no Lostpedia. Duas já foram promovidas e a última está prevista para acontecer em 30 de maio, cinco dias após o término da série no Brasil. Na programação estão incluídas apresentações, debates e até sorteios de brindes.

Já pensou em assistir a um filme comendo um daqueles famosos amendoins da Iniciativa Dharma? Etiquetar suas frutas na geladeira com um adesivo da comunidade liderada por Horace? Até isso é possível. O site Max Pictures disponibiliza rótulos adesivos do Dharma para serem colocados em embalagens. Os usuários podem imprimir os "Lost Labels" no endereço maxpictures.com/weblog. Na rede também estão disponíveis capas para CDs e DVDs personalizados com imagens da série, entre outros itens.
.. Além disso, nos últimos seis anos foram lançados jogos de realidade aumentada, jogos de tabuleiro, livros sobre a série, revistas segmentadas e games para celular. Lost termina como uma série consagrada: ganhou mais de 45 prêmios em todo o mundo, incluindo Emmys e Globos de Ouro.

Confira abaixo uma entrevista exclusiva com Stefania Granito, diretora de Consumer Marketing do Grupo Sony para a América Latina. Elas fala sobre o que a série representou para a Sony.

Meio&Mensagem: Qual foi a temporada com maior audiência?
Stefania Granito: Tanto nos Estados Unidos e América Latina, a primeira temporada e a segunda foram as que impactaram o público. Durante as quatro temporadas seguintes foram detectados 70% de sua audiência inicial. A sexta temporada, Lost tem permanecido entre os dois primeiros lugares da classificação no Brasil, em sua faixa de tempo em relação aos nossos concorrentes diretos.

M&M: Vai ter alguma ação especial no último episódio?
SG:Este ano, as transmissões começaram apenas uma semana depois dos Estados Unidos, e agora nós transmitiremos o episódio final com apenas dois dias de intervalo no Brasil. Para apoiar as temporadas anteriores, fizemos maratonas para os seguidores não perderem os detalhes dos episódios anteriores. Também desenvolvemos questionários interativos e aplicativos para o nosso público, que podem interagir ao vivo. E isso não faz parte de um evento e sim uma experiência total entretenimento.

Para o "grand finale" criamos um site especial (
http://www.final-lost.com/seleccionar.html) com informações, entrevistas, jogos interativos, vídeos, fotos e todas as informações passo-a-passo cada uma das temporadas de Lost, aliado ao concurso intitulado "Desafio Final Lost ¨.

M&M: Qual a expectativa para o final da série?
SG: Lost foi um marco na televisão, por isso estamos confiantes que o público aguarda ansiosamente a transmissão da grande final próxima terça-feira 25 de maio. Será sem dúvida um evento que vai cativar os fãs na frente da tela.

M&M: Qual o balanço de Lost exibição nesses seis anos de exibição?
SG: O saldo foi extremamente positivo. Não só em termos de audiência, mas de percepção. Lost quebrou paradigmas e estabeleceu uma nova forma de contar histórias e fazer televisão. O AXN acertou em cheio colocando a série em sua grade, tendo em vista os índices de audiência. O programa se tornou um fenômeno que inspirou sites, livros, análises, teorias, jogos, e acima de tudo, uma nova forma de televisão. Séries como Lost colocou-nos constantemente entre os três canais principais mais vistos no Brasil, nessa faixa de tempo, e consolidou o canal AXN como o melhor em séries de drama.

M&M: O que entrará no ar depois de Lost?
SG: Em fevereiro lançamos a primeira temporada de Flash Forward, série que foi muito bem recebido na América Latina. No calendário está previsto a transmissão da série Lost Breaking Bad, desde a sua primeira temporada. (Na semana passada a Sony anunciou que o seriado Flash Foward fora cancelado e não terá uma segunda temporada).
 
 
 
Fonte:M&M Online

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar