Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

CLASSIFICADOS DE SEXO LEVAM SITE DE ANÚNCIOS CRAIGSLIST À JUSTIÇA

05/05/2010

O site Craigslist.org foi intimado na segunda-feira (3/5) pelo procurador geral da Connecticut, que está investigando se o serviço de classificados online atua no combate à prostituição em seu site ou se lucra com isso, informou o jornal The New York Times.

O procurador Richard Blumenthal ajuda a liderar um grupo de 39 Estados que investiga o caso. Ele afirmou que milhares de propagandas continuam no Craigslist, apesar de a empresa garantir que elas seriam removidas.

A empresa pode estar faturando 36 milhões de dólares ou mais por ano com prostituição e tráfico de pessoas, segundo registros públicos. A maior parte das propagandas do Craigslist é gratuita, com exceção de empregos, apartamentos em Nova York por meio de corretores, e serviços terapêuticos e sexuais.

O procurador afirmou que está pedindo ao site respostas específicas sobre as medidas tomadas para reduzir e encerrar as ofertas de prostituição ? e se a companhia está lucrando a partir delas.

Em um post, o CEO do Craigslist, Jim Buckmaster, escreveu que Blumenthal está ?mais uma vez se deixando levar pela autopropaganda em detrimento da verdade?.

?O Craigslist tem feito mais que cumprir com suas obrigações legais, além das normas padrão da indústria; e,  trabalhando em conjunto com seus parceiros, o site é um líder de fato na luta contra o tráfico e a exploração de pessoas?, escreveu Buckmaster.

 
 
 
Fonte: PcWorld

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar