Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

CELULARES DEFINEM METAS PARA REDUÇÃO DE RECLAMAÇÕES NO PRAZO DE UM ANO

27/04/2010

Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC) do Ministério da Justiça tornou pública hoje as metas assumidas pelas empresas de telecomunicações para reduzir o número de reclamações dos clientes no prazo de um ano.

A Claro se comprometeu a reduzir em 15% o número de atendimentos levados aos Procons no ano de 2010. Já a Tim se compromete com a redução de 25%. A Vivo estabeleceu como meta uma redução de 20% no número de atendimentos feitos nos Procons.

Cartas com os compromissos assumidos pelos presidentes das empresas foram encaminhadas ao DPDC no primeiro trimestre deste ano, a pedido do órgão.

As operadoras de telefonia móvel foram apontadas pelo Cadastro Nacional de Reclamações Fundamentadas de 2009, divulgado em dezembro do ano passado, como geradoras de alto número de reclamações levadas aos Procons de 22 estados brasileiros e do Distrito Federal no período de 1º/09/08 a 31/08/09. Constavam do mesmo cadastro alguns bancos, supermercados e empresas do segmento de varejo.

Assim como as operadoras, o Banco do Brasil e o Bradesco estabeleceram a meta de 10% de redução para 2010. Já a Caixa e HSBC prometeram reduzir em 5% os atendimentos. Citibank e Santander definiram a meta de 15%. Para o banco Itaú a meta é reduzir em 13,8% os problemas.

As representantes do setor de supermercados e varejo também apresentaram metas de redução nas reclamações para 2010. O Carrefour Comércio se comprometeu a uma meta de 15% de redução. Já o Carrefour Financeiro e o Walmart têm como meta 5% de redução. Pão de Açúcar e Ponto Frio se comprometem com a redução de 30%.

(*)Com informações da Assessoria de Imprensa do Ministério da Justiça.
 
 
 
Fonte: IdGNow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar