Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

NA ÁSIA, ALOCAÇÃO DE ENDEREÇOS IPV4 BATE RECORDE

23/04/2010

Operadoras de rede asiáticas estão consumindo endereços IPv4 a um ritmo recorde, o que impõe mais pressão na indústria de internet para a migração rumo ao IPv6.

O Centro de Informação de Rede para a região da Ásia e Pacífico (APNIC), que administra o uso de espaços de endereçamento IPv4 e IPv6 na região, alocou aproximadamente 27 milhões de endereços IPv4 durante o primeiro trimestre de 2010 - mais que qualquer registrador internacional já fez em um único trimestre.

"A taxa de alocação de endereços IPv4 continua a aumentar devido ao crescente número de aparelhos que exigem endereços IP - celulares, laptops, servidores, roteadores e outros", disse Axel Pawlik, da Number Resource Organization (NRO), que congrega cinco registradores internacionais de internet, incluindo a APNIC. "Nós também temos visto muitas novas solicitações de IP de países em desenvolvimento, cujas populações têm se tornado online mais rapidamente do que nunca."

A NRO afirmou que 92% de todos os endereços IP já foram alocados.

Perto do fim
Especialistas preveem que o resto dos endereços IPv4 será consumido até 2011 ou 2012. Quando isso ocorrer, as operadoras planejam servir seus clientes com endereços IPv6.

As operadoras asiáticas aparentam estar na liderança nessa transição, alocando tanto endereços IPv4 como IPv6. Durante o primeiro trimestre de 2010, a APNIC também fez 186 alocações de IPv6 - o número dos três primeiros meses de 2010 supera o de 2009 inteiro.

A tendência asiática é significativa porque a infraestrutura da internet deve ser atualizada para suportar tanto IPv4 como IPv6. Os endereços de 32 bits do IPv4 suportam 4,3 bilhões de aparelhos conectados diretamente à internet. O IPv6, por sua vez, usa endereços de 128 bits e suportam um número virtualmente ilimitado de aparelhos.
 
 
 
Fonte: PcWorld

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar