Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

TRÁFEGO DE VÍDEO É GRANDE DESAFIO PARA REDES, DIZ EMPRESA

21/04/2010

A Research in Motion (RIM) afirmou que não está claro se o vídeo venha a se tornar o aplicativo definitivo para os celulares inteligentes mas, mesmo assim, a fabricante do BlackBerry diz que, para desenvolver sistemas de distribuição de vídeo mais eficientes é necessário para impedir que eles sobrecarreguem as redes.

A popularidade dos celulares inteligentes dotados de amplos recursos, como o BlackBerry, o iPhone da Apple ou o Droid da Motorola, não para de crescer, mas eles empregam até 30 vezes mais banda que os celulares comuns a fim de acionar os aplicativos que os tornam tão procurados.

Russel A. Daniels -10.nov.09/AP
Para
Para desenvolver sistemas de distribuição de vídeo mais eficientes é necessário para impedir que eles sobrecarreguem as redes

A disparada no tráfego causada por vídeos e outros aplicativos levou a mais quedas de ligações e serviço instável. Conforme o vídeo ganha popularidade nos celulares inteligentes, o congestionamento cresce, e força as operadoras a gastar bilhões a fim de atualizar suas redes e adquirir mais frequências de transmissão.

Não sei ainda, e nem creio que alguém mais saiba, se o vídeo será o aplicativo definitivo para os celulares inteligentes, disse Mike Lazaridis, copresidente executivo da RIM, em uma conferência promovida pelo Dominion Bank, de Toronto, no sexta-feira. Pessoalmente, não creio que seja.

Laziridis afirmou que, mesmo que o vídeo não prove ser o aplicativo definitivo para os celulares inteligentes, já está criando um sério desafio para as operadoras de telefonia móvel.

Se você acha que o 3G atual é um desafio como experiência de navegação para esses redes de dados, disse Lazaridis, imagine o que streams ou downloads de vídeo representarão, quando as telas de celulares começarem a ter resolução de qualidade próxima ao HD.

Os analistas elogiam a RIM pelo uso econômico de banda de seus aparelhos, que roteiam a maior parte dos e-mails pelos servidores da empresa. Isso é um legado dos dias iniciais da companhia, quando ela estava buscando um serviço de e-mail mais rápido e mais seguro.

A RIM também atende aos pedidos de navegação na web, transferência de dados e acesso ao Facebook e Twitter a partir de muitos de seus modelos por meio de servidores próprios.

Isso faz com que a navegação e o uso de aplicativos no BlackBerry sejam de três a oito vezes mais eficientes em termos de uso de banda do que no caso dos aparelhos de concorrentes da RIM, disse Lazaridis.
 
 
 
Fonte: Folha

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar