Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

TV DIGITAL VIA MOBILE REÚNE GRANDES GRUPOS NOS EUA

19/04/2010

Evento conta com a participação de mais de 85 mil profissionais,de 156 paises

Enquanto o Brasil já trabalha com um padrão de TV digital que atende a transmissão para aparelhos móveis, a questão da HDTV via mobile continua sendo amplamente discutida nos Estados Unidos. Em busca de soluções, 12 grupos de comunicação anunciaram uma parceria para a criação de uma joint-venture autônoma para desenvolver um novo serviço de conteúdo móvel nacional.

Utilizando o espectro de transmissão existente, o serviço, ainda sem nome, permitirá que as empresas participantes forneçam conteúdo para os dispositivos móveis, incluindo vídeo ao vivo e on-demand, notícias locais e nacionais e programas esportivos e de entretenimento.

Fazem parte da parceria três grandes grupos: Fox, NBC/Telemundo, e ION - e nove grupos de broadcast local - Belo Corp, Cox Media Group, EW Scripps Co., Fox, Gannett de Radiodifusão, Hearst Inc. Televisão, Televisão ION, Media Inc. Geral, Meredith Corp, NBC, Post-Newsweek Inc. Estações e Media Raycom. Os nove constituíram uma entidade separada, a Pearl Mobile DTV Co. LLC, para gerir a sua contribuição ao projeto.

Para Roberto Franco, diretor de tecnologia do SBT, que visita a feira norte-americana NAB Show 2010, o Brasil já está bem avançado nessa questão, graças ao padrão de TV digital adotado. "Nos Estados Unidos, eles estão correndo atrás da mobilidade e da portabilidade. Essas questões que eram do ´futuro´ estão cada vez mais se mostrando como realidade", comentou o executivo brasileiro.

O serviço que está sendo criado nos Estados Unidos vai empregar um sistema aberto de transmissão broadcast desenvolvido pelo Advanced Television Systems Committee (ATSC), especificamente para dispositivos móveis. Ao agregar o espectro de transmissão existente dos parceiros da joint-venture, o novo empreendimento terá capacidade para oferecer uma vasta gama de vídeo e conteúdo móvel para cerca de 150 milhões de habitantes dos Estados Unidos.

O projeto foi concebido para complementar a iniciativa da Comissão Federal de Comunicação em relação a banda larga, para dar aos consumidores acesso móvel a conteúdos de vídeo, reduzindo o congestionamento da infraestrutura de banda larga sem fio.




Fonte: M&M Online

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar