Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

PULITZER 2010 PREMIA SITE DE NOTÍCIAS PELA PRIMEIRA VEZ

13/04/2010

Um site de notícias ganhou pela primeira vez, nesta segunda-feira, um prêmio Pulitzer de jornalismo, uma das premiações de maior prestígio nos Estados Unidos.

Veja a lista dos vencedores.

O site ProPublica ganhou o prêmio por uma reportagem investigativa sobre mortes controversas num centro médico em New Orleans, na esteira do furacão Katrina.

A reportagem de Sheri Fink, em colaboração com a revista do "New York Times", marca a primeira vez que uma empresa de notícias online ganha o prêmio.

Já o www.sfgate.com, site do "San Francisco Chronicle", ganhou na categoria charge editorial, também na primeira vez para uma empresa de internet.

Distribuído desde 1917, o prêmio Pulitzer foi instituído a partir do testamento de Joseph Pulitzer, proprietário de jornal que morreu em 1911. Os premiados, escolhidos por uma comissão de 18 integrantes, recebem US$ 10 mil. Os vencedores deste ano foram divulgados nesta segunda-feira pela Universidade de Columbia.

Grandes vencedores

Os jornais "The Washington Post" e "The New York Times" foram os grandes vencedores do prêmio Pulitzer.

O "The Washington Post" venceu nas categorias reportagem internacional, reportagem especial, comentário e crítica. Já o "The New York Times" ganhou nas categorias reportagem investigativa, reportagem explicativa e reportagem nacional.

No "Washington Post", o prêmio para reportagem internacional foi para Anthony Shadid --agora no "New York Times"--, com sua série de reportagens do Iraque. Gene Weingarten ganhou o prêmio de reportagem especial escrevendo sobre pais que matam seus filhos acidentalmente ao esquecê-los dentro do carro.

A colunista Kathleen Parker, que tem uma coluna sobre assuntos políticos e morais, venceu na categoria comentário e Sarah Kaufman, que escreve sobre dança, foi a campeã na categoria crítica.

No "New York Times", o repórter Michael Moss e membros da equipe venceram com a reportagem investigativa sobre hambúrguer contaminado e falhas na vigilância sanitária. Matt Richtel e a equipe do jornal ganharam na categoria reportagem nacional ao escrever sobre os riscos de usar telefone celular e computadores ao dirigir.
 
 
 
Fonte: Folha

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar