Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

VERSÕES FUTURAS DO WINDOWS SERVER NÃO VÃO SUPORTAR CHIPS ITANIUM

06/04/2010

A Microsoft está encerrando o suporte para o processador Intel Itanium nas versões atuais do sistema operacional Windows Server, segundo um post no blog da empresa. ?O Windows Server 2008 R2 será a última versão do Windows Server com suporte à arquitetura?, escreveu o gerente de produtos técnicos da Microsoft, Dan Reger. O anúncio dia ainda que o SQL Server 2008 R2 e o Visual Studio 2010 também são as últimas versões com suporte à arquitetura.

O anúncio é um contratempo para a Intel, que tem se esforçado para colocar seus processadores Itanium de 64 bits no mercado de servidores. A empresa lançou a última versão da arquitetura, com quatro núcleos, em fevereiro, depois de alguns atrasos. A Red Hat já anunciou que também não oferecerá suporte ao Itanium na próxima versão de distribuição do seu sistema operacional Linux.

O analista do Burton Group, Nik Simpson, diz que ?não foi coincidência? a Microsoft comunicar essa decisão na mesma semana em que a Intel lançou seus novos processadores da série Xeon, que incluem recursos de confiabilidade de alto nível que a Intel antes reservara ao Itanium. ?Para a Microsoft, confiabilidade era a única coisa considerada no Itanium; o número de licenças do Windows vendidas ao Itanium é insignificante em relação ao mercado de processadores de arquitetura de 64 bits. Portanto, a decisão de abandonar o Itanium foi relativamente fácil?, escreveu Simpson em um blog.

Reger, da Microsoft, diz a mesma coisa. ?A evolução natural da arquitetura 64 bits levou à criação de processadores e servidores que oferecem a escalabilidade e confiabilidade necessárias para as cargas de trabalho de hoje?. A Microsoft manterá o suporte aos sistemas baseados no Itanium até julho de 2013, enquanto o suporte estendido será valido até julho de 2018, segundo Reger.
 
 
 
Fonte: PcWorld

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar