Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

DESBLOQUEIO GRATUITO DE CELULAR BENEFICIA COMPETIÇÃO, MAS PODE ENCARECER PRÉ-PAGO

22/03/2010

A súmula aprovada pela Anatel na quinta-feira (19/3) sobre o desbloqueio gratuito dos celulares pode trazer benefícios aos consumidores em termos de qualidade de serviços e encarecer os celulares com planos pré-pagos.

Para o presidente executivo da Associação Brasileira das Prestadoras de Serviços de Telecomunicações Competitivas (Telcomp), Luiz Cuza, o desbloqueio gratuito é uma medida positiva para os clientes das operadoras, que devem receber ofertas melhores de serviços graças ao aperto da concorrência.

?Desbloqueio de aparelhos em geral é algo positivo para a concorrência porque abre risco de a operadora perder o consumidor?, afirmou Cuza. ?Isso significa mais incentivos para melhorar a qualidade do serviço, como redução do preço, porque ninguém quer perder seus clientes.?

Ainda segundo Cuza, os modelos atuais de planos com subsídios devem continuar existindo. ?As operadoras vão se adaptar. São negócios e precisam minimizar perdas e ao mesmo tempo melhorar sua qualidade e cobertura?, completou.

Enquanto isso, os clientes interessados em modelos de pagamento pré-pago podem ter desvantagens com a nova medida. É o que afirma o presidente da consultoria Teleco, Eduardo Tude. ?No segmento pré-pago, o subsidio pode ser retirado por não trazer vantagens à operadora e, com isso, o preço pode subir?, afirmou.

O quanto os preços aumentarão ainda é uma incerteza. Esse valor será determinado de acordo com o comportamento do mercado, segundo Tude. ?Dependerá de quantos usuários vão querer desbloquear os aparelhos.?

Operadoras
A Vivo informou que, por enquanto, seus planos continuarão sem alterações, mas a companhia se reunirá na próxima segunda-feira (22/3) para estudar as implicações das novas medidas.

Para as operadoras Tim e Oi, a medida da Anatel não trará mudanças nos planos da operadora. A Oi trabalha somente com a venda de aparelhos desbloqueados, ação adotada também pela Tim a partir do mês passado.

Já a operadora Claro informou que não teve conhecimento oficial da decisão da Anatel e só se manifestará após a análise da medida.

Consultada sobre o caso, a Associação GSM se recusou a comentar e afirmou que não se pronuncia sobre o assunto porque a opinião é diferente para cada operadora. 

Desbloqueio gratuito
Segundo a Anatel, o usuário poderá usar o chip que quiser em seu celular. Assim o assinante de um plano pós-pago que adquire um aparelho subsidiado, pelos contrato de fidelidade com duração de 12 meses, tem liberdade para fazer o desbloqueio no momento em que quiser, sem ser penalizado.

Até então o consumidor poderia destravar o terminal, mas a operadora cobrava uma multa se estivesse no período de vigência de seu contrato de fidelidade. O desbloqueio continua sendo gratuito.

De acordo com o órgão, o usuário pode continuar com seu plano de fidelidade, firmado com a operadora dentro do prazo determinado. Mas empresas não podem mais atrelar o aparelho ao plano.
 
 
 
 
Fonte: IdGNow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar