Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

AO DISCURSAR EM PALO ALTO, STEVE JOBS DIZ QUE PODERIA TER MORRIDO À ESPERA DE UM TRANSPLANTE

22/03/2010

O jornal Mercury News de San Jose (Estados Unidos) noticiou hoje que Steve Jobs participou do lançamento de uma nova legislação de doação de órgãos na Califórnia, discursando ao lado do governador Arnold Schwarzenegger em um hospital na cidade de Palo Alto. Na ocasião, ele teria dito aos presentes que teve sorte ao conseguir viajar rapidamente até um local onde conseguiria um transplante de fígado, como parte do tratamento de saúde que o tirou do comando da Apple por seis meses do ano passado.

Steve apenas conseguiu o transplante por ter viajado até a cidade de Memphis, no estado do Tennessee, em abril de 2009, um privilégio que muitas pessoas sob as mesmas circunstâncias não tiveram. ?No ano passado, outras 400 pessoas no estado da Califórnia morreram esperando. Eu poderia ter morrido?, disse o co-fundador e CEO da Apple.

Desde a sua primeira aparição pública depois do transplante, em setembro de 2009, Steve Jobs mostrou-se favorável a estimular doações de órgãos, que podem salvar vidas nas mais variadas situações. Nos Estados Unidos e em muitos outros países, essa iniciativa é questionada por diversas razões, principalmente quando o doador morre em algum tipo de acidente (como foi o caso de Jobs).
 
 
 
Fonte: MacMagazine

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar