Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

ESTÚDIO CANADENSE ACUSA MOZILLA DE PLAGIAR INTERFACE

12/03/2010

Uma empresa canadense de design de interfaces acusou a Fundação Mozilla de roubar elementos de interface de usuário para uma ferramenta de desenvolvimento do projeto Jetpack, concebida pela Mozilla para simplificar a criação de add-ons.

A MetaLab tornou públicas suas acusações na terça-feira (9/3), quando o fundador Andrew Wilkinson comentou, em seu blog, sobre as semelhanças entre os projetos de sua empresa e os incluídos pela Mozilla no FlightDeck, um editor Jetpack.

"O que eles fizeram foi bastante ridículo", disse Wilkinson em uma entrevista nesta quinta-feira (11/3), argumentando que há uma distinção entre ser inspirado pelo trabalho de outro e simplesmente copiá-lo. "Há uma diferença entre inspiração e fazer um decalque", disse. "As medidas dos elementos gráficos [que a Mozilla tomou de nós] eram exatamente iguais, os mesmos números de pixel. Quando alguém vem e pega suas imagens de seu servidor, a linha foi cruzada."

Na quarta-feira (10/3), a Mozilla se desculpou à MetaLab. "Apesar de o design em implementação não utilizar esses elementos, nós os incluímos por engano nos mockups iniciais, no blog e no vídeo que anunciavam a próxima fase de desenvolvimento do Jetpack SDK", disse a Mozilla em seu blog. "Nós pedimos sinceras desculpas à MetaLabs por incorporar elementos de design de seu site em nossos primeiros mockups e por termos publicado esse material sem os créditos apropriados."

A Mozilla recusou-se, no entanto, a comentar as acusações de plágio.

Proposta antiga
"Geralmente nós relevamos esse tipo de coisa, damos boas risadas e entramos em contato de forma discreta", disse Wilkinson. "Mas nós ficamos chocados com tudo isso. Fizemos barulho por acharmos isso ridículo."

Wilkinson estava se referindo à proposta que a MetaLab enviou em novembro à Mozilla, para trabalhar a interface de usuário do FlightDeck. "Mark [Nichols, da MetaLab] ficou uma hora ao telefone com Daniel Buchner e Aza Raskin [da Mozilla], detalhando a proposta", disse Wilkinson em seu blog, na terça-feira. Em 27 de dezembro, Buchner contou à MetaLab que a Mozilla havia decidido não contratar a empresa para este projeto.

O que irrirou a MetaLab, disse Wilkinson, foi pensar que a Mozilla descartou sua empresa por questões de preço, mas copiou os elementos de design do FlightDeck do site da MetaLab mesmo assim.

"A questão Mozilla era uma tempestade perfeita. Eles sabem quem nós somos, eles são uma grande corporação, e nós até tínhamos feito uma proposta para o projeto. Foi além da conta", acrescentou Wilkinson, em outro post publicado na quarta-feira.

Apesar disso, "não guardamos ressentimentos", disse Wilkinson nesta quinta-feira. Ele reconheceu a ação do CEO da Mozilla, John Lilly, que reconheceu o probelma em questão de horas por meio do Twitter, e disse que ele conversou com a equipe do Mozilla ao telefone. "Eles se desculparam", disse.
 
 
 
Fonte: IdGNow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar