Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

PATENTES DA APPLE MOSTRAM MAIS USOS DE PUBLICIDADE EM

09/03/2010

O Escritório de Patentes e Marcas dos Estados Unidos está analisando alguns pedidos de patentes da Apple com diferentes finalidades. Uma delas é a integração flexível de publicidade em vídeos, que poderia ser implementada em sistemas e aplicativos para motivar usuários a ver comerciais durante a reprodução de conteúdo, de forma a habilitar o acesso a certos trechos dele.

Talvez isso não deva ser levado como ?publicidade forçada?, mas sim como uma forma de distribuidores de conteúdo integrarem propaganda em conteúdo que queiram distribuir sob demanda no sistema da Apple. De qualquer forma, o invento descreve um meio de codificar pequenos trechos de comerciais no meio de um vídeo, programando bloqueios para o que está além deles caso o usuário tente ?pular? a reprodução para uma área que não tenha sido liberada mediante a reprodução do(s) anúncio(s).

É claro que, dentre esses distribuidores de conteúdo, pode estar a Apple com sua iTunes Store, mas se essa iniciativa pudesse ser adotada de forma aberta por outras empresas, seria bastante interessante para quem distribui vídeos na internet e recebe por meio da veiculação de anúncios. Os trechos de comerciais poderiam ser implementados em qualquer área de um arquivo de vídeo (inclusive no início e fim) e serem programados para desaparecer após um determinado número de reproduções.

Até que elas ocorressem, não seria possível ir para um determinado capítulo de um filme ou bloco de um programa de TV, por exemplo. Esta não é a primeira vez que ela tenta levar publicidade para aplicativos e seus sistemas, mas esse invento prova que ela está começando a dar um interesse acima da média para o assunto.

Transformando o app Remote em um controle remoto universal

Outro invento da Apple mostra um novo modelo de aplicativo para iPhones/iPods touch que atuaria como um controle remoto universal. Além de descrever meios de se controlar computadores e set-top boxes (o que atualmente é empregado pela empresa na atual versão do Remote, seu controle do iTunes para o iPhone OS), ele poderia ser usado para controlar diversos aparelhos, voltados especialmente para multimídia.

A parte interessante desta patente é que ela também descreve o uso desse controle para recursos que vão além da interface  à la Front Row da Apple TV, incluindo clientes de email, navegadores web e jogos. Também é explicado o controle de outras funções em computadores por meio do software, além do iTunes por si só.

Embora essa patente destaque muito mais o uso de software novo em iPhones/iPods touch, ela também sugere técnicas para empregar hardware novo nesses dispositivos e nos gadgets que serão controlados por meio deles. Um exemplo disso são comunicações de pequeno alcance, um tipo de tecnologia que já é alvo de patentes da Apple.

Chave eletrônica para abertura de dispositivos externos

A Apple também está investigando meios de oferecer em seus dispositivos móveis uma espécie de chave eletrônica para habilitar acesso a outros gadgets, ou até a portas de carros, casas e dependências de um escritório. Por meio do uso de técnicas de comunicação por pequeno alcance, um iPhone seria capaz de se comunicar a um determinado dispositivo externo e, dependendo da sua natureza, gerar a interface para o usuário conseguir acessá-lo com a entrada de letras, números ou até gestos, feitos na tela do aparelho ou com o próprio aparelho, por reconhecimento de gestos.

Pense nesse invento como uma forma de transformar um gadget da Apple em uma chave universal ? já que o controle remoto universal foi descrito linhas acima. De uma forma geral, ambos se completam: são formas de habilitar em gadgets que cabem na palma da mão maior controle da vida dos usuários, de uma forma simples e fácil. O problema é que o tipo de hardware específico para tornar isso realidade teria que se popularizar bastante entre diversas categorias de dispositivos para tornar isso útil aos usuários.
 
 
 
Fonte: MacMagazine

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar