Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

BRASIL PREPARA TRANSIÇÃO IPV4/IPV6

01/03/2010

A partir de março, ao menos três instituições brasileiras começam a discutir ações práticas para uma suave transição do protocolo internet, do IPv4 para o IPv6, já em andamento, mas que deverá ser acelrada no próximo ano.

Na última sexta-feira, 26/02,  um dos temas da reunião plenária do Comitê Gestor da Internet, segundo André Barbosa, assessor especial da Casa Civil, foi a possibilidade do país passar a só utilizar endereçamento IPv6 já a partir de 2011.

O próprio André tem estimulado o debate sobre a adoção do novo protocolo também no Fórum do Sistema Brasileiro de TV Digital e, por conta disso, decidiu propor ao Comitê Gestor do ProTIC, durante a primeira reunião do órgão, marcada para esta semana, que apóie a criação e produção de um chip híbrido IPv4/IPv6 pela Ceitec, imediatamente.

?Na próxima reunião do Fórum  SBTVD vamos definir como se dará essa transição IPv4/IPv6 para a TV Digital. Uma das formas de facilitar essa transição é usar nos conversores chips com suporte IPv4/IPv6″, comenta André Barbosa. ?Temos que  promover a articulação de programas e projetos, desde o início, para ganhar tempo?, afirma.

O ProTIC

Para quem chegu agora, o ProTIC , Programa de Apoio à Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação em Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação, seria uma espécie de CPqD das TICs, na definição didática do Secretário de Políticas para Informática do Ministério de Ciência e Tecnologia, Augusto César Gadelha Vieira. Seu braço operacional é o CTIC, Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Tecnologias Digitais para Informação e Comunicação , gerido pela RNP ? Rede Nacional de Ensino e Pesquisa.

?Com o CTIC criamos uma rede virtual e mecanismos de condução e coordenação desse ambiente distribuído de pesquisa e desenvolvimento. Já o ProTIC foi criado  para institucionalizar todo esse processo atuação do CTIC e facilitar a liberação de recursos por parte do BNDES, da Finep, do CNpq e assim por diante, como já acontece hoje com outros programas de incentivo como o ProNex?, reforça Gadelha.

A Ceitec

Inaugurada no Rio Grande do Sul, pelo presidente Lula, no início de fevereiro, a Ceitec S.A é a estatal brasileira de microeletrônica encarregada de produzir chips para os mercados de mídia digital, comunicação sem fio e identificação por radiofrequência (RFID). A despeito das críticas de ter sido montada com maquinário ultrapassado, doado de uma fábrica fechada pela Motorola, o governo trabalha com a perspectiva de ciclos de produção de nove meses (tempo decorrido da chegada de um projeto à fábrica até o início da produção comercial).

Um de seus primeiros produtos é o Chip do Boi, um identificador por rádio que usa a tecnologia RFID. Peça fundamental de brincos que ajudam a identificar gado bovino. Outros produtos são um chip de modulação para o sistema brasileiro de TV digital (ISDB-T) e uma família de circuitos integrados para identificação eletrônica de bagagens, automóveis e medicamentos.  A empresa também poderá fornecer tecnologia para a confecção do passaporte eletrônico.

IPv4/IPv6

Para saber um pouco mais sobre a transição do protoclo internet, do IPv4 para o IPv6, vá em www.ipv6.br.
 
 
 
 
Fonte: IdgNow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar