Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

CONVITE PARA ORKUT OURO É FALSO; GOOGLE INVESTIGA CONSEQUÊNCIAS DO TROTE DE ESTUDANTE

12/02/2010 01:00:00

Se nas últimas horas você encontrou nas redes sociais ou Twitter posts oferecendo um ´´upgrade´´ para uma conta especial no Orkut Ouro, esqueça, pois se trata de mais um trote na internet.
 

O convite é falso e foi criado pelo estudante de computação, Pedro Vanzella, conforme ele mesmo afirmou em post no seu blog. A ideia era ´´brincar´´ com seus amigos na web, oferecendo acesso a uma conta que permitia ver a lista completa de quem visitou um perfil, quantas vezes e quais páginas foram vistas, além de todas as fotos, recados e vídeos dos usuários do Orkut ? mesmo aqueles com cadeado nos perfis ?  entre outras ´´regalias´´.

O problema é que o estudante solicitou que as pessoas enviassem, além de dados como nome completo, e-mail e nomes de comunidades, o login e senha de seus perfis. Dada a repercussão do post na internet, Vanzella decidiu manter o post com o trote no blog, mas retirou o pedido de senha do texto. "Ninguém teve conta no Orkut nem sequer dinheiro roubado por causa da brincadeira", declarou Vanzela no blog.

Entretanto, o trote agora está sendo usado por outros usuários de redes sociais para roubar senha e login do Orkut de quem ainda não percebeu que tudo não passa de uma brincadeira de mau gosto.

Consequências

O Google chegou a publicar uma nota, por meio da sua assessoria de imprensa, para desmentir o boato do Orkut Ouro: "Circula na internet uma mensagem falsa utilizando de forma indevida o nome e a marca Orkut. O Google esclarece que o material recebido por alguns internautas não é de sua autoria, iniciativa ou propriedade, e que nunca enviou mensagens de conteúdo semelhante aos usuários".

Segundo Rony Vainzof, sócio do Opice Blum Advogados, escritório especializado em Direito Eletrônico, a interpretação do trote como crime sempre será subjetiva. Um dos crimes previstos seria a violação da marca do Google, que foi usada no texto e imagem no blog do estudante e que está previsto na Lei 9279 de 1996, que regula direitos e obrigações relativos à propriedade industrial.

Outro crime ocorreria se o autor do trote usou logins e senhas obtidos para obter qualquer tipo de vantagem ao utilizar o perfil da vítima, com possível enquadramento na Lei 307 do Código Penal, que trata dos crimes de falsa identidade. As penas, em ambos os casos, são leves, como o pagamento de cestas básicas e prestação de serviços à comunidade.

É provável que o autor da brincadeira sofra consequências legais. De acordo com o Google, a empresa "está apurando as circunstâncias da disseminação do mau uso da marca Orkut e irá tomar as medidas cabíveis contra seus autores".
 
 
 
Fonte: Uol

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar