Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

BANDA LARGA POPULAR DA TELEFÔNICA É MAIS VELOZ QUE A DA NET

01/02/2010 01:00:00

A Telefônica, por meio de sua subsidiária aJato, assinou a adesão ao Programa Banda Larga Popular do governo de São Paulo, três meses e meio depois do lançamento do projeto.

O plano da Telefônica dentro do programa tem velocidade de 256 kbps, acima dos 200 kbps do oferecido desde o final de dezembro pela Net. Ambos têm mensalidade de 29,80 reais e incluem modem, instalação e provedor de internet.

O Banda Larga Popular foi lançado em outubro passado por meio de um decreto do governo de São Paulo isentando o ICMS de 25% sobre o serviço de internet no âmbito do programa, que tem como objetivo universalizar o acesso à web no Estado.

A Telefônica oferecerá o serviço por meio de duas tecnologias: cabos coaxiais e tecnologia sem fio Wimesh.

O serviço estará disponível inicialmente na cidade de São Paulo e algumas localidades do ABC paulista, e será ampliado ao longo deste ano para cidades do interior do Estado.

A Telefônica se apresentou como parceira do governo no lançamento do Programa Banda Larga Popular, mas foi a Net quem primeiro disponibilizou o produto com as características previstas no decreto paulista.

O atraso na adesão da Telefônica ao programa derivou, segundo informou o secretário da Fazenda paulista, Mauro Ricardo Costa, do entendimento, pela empresa, de que poderia oferecer o serviço apenas para quem já fosse seu cliente. O governo não permitia essa limitação.

Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontam 2,5 milhões de residências no Estado de São Paulo como potenciais alvos da banda larga popular. Desse total, cerca de 1,8 milhão de casas possuem conexão discada e as demais têm computador sem internet.

"Nosso objetivo é baixar o custo e estender a banda larga ao maior número de pessoas", disse o secretário de Gestão Pública do Estado de São Paulo, Sidney Beraldo.
 
 
 
Fonte: Folha

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar