Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

FABRICANTES DIZEM QUE PREÇOS DE MEMÓRIAS DRAM NÃO DEVE BAIXAR EM 2010

21/01/2010 01:00:00

A fabricante de memórias DRAM Nanya Technology divulgou, nesta quarta-feira (20/1), seu primeiro lucro em quase três anos, resultado de um aumento nos preços dos produtos e forte demanda no último trimestre de 2009.

Mas o benefício da companhia norueguesa pesou nos bolsos de quem comprou um PC novo: o preço dos chips DRAM subiram 266% no ano passado, segundo o banco de investimentos Credit Suisse.

Os custos de memórias DRAM são geralmente passados ao consumidor e, neste ano, devem se tornar um fator mais importante no preço de PCs.

Analistas do setor estimam que os preços das memórias fiquem estáveis durante a primeira metade de 2010 e aumentem durante a segunda metade, devido ao forte mercado de PCs.

A Nanya Technology afirmou que seu lucro no quarto trimestre de 2009 foi de 6,64 milhões de dólares em relação a perda de 372 milhões de dólares do mesmo período em 2008. A receita aumentou de 192 milhões de dólares para 523 milhões de dólares em 2009.

Neste ano, a demanda pelo novo chip de memória DDR3 está mantendo os preços elevados, segundo ao vice presidente da empresa, Pai Pei-Lin.

Pai estima que o Windows 7 ajude a demanda de computadores neste ano e também afirmou que as corporações já estão avaliando a substituição de PCs antigos. Analistas já falam há vários anos sobre o ciclo de substituição de PCs corporativos como um motivo para o aumento das vendas de PCs e, consequentemente, memórias DRAM.

Pesquisadores do mercado adotaram uma visão similar. A forte demanda por novos desktops e notebooks aumentarão os preços das memórias DRAM no segundo semestre do ano, segundo a DRAMeXchange Technology, que opera um escritório de saldos para esses chips.

A analista de mercados Jenny Lai afirma que a demanda de PCs foi mais forte do que o esperado no quarto semestre de 2009 e continua mais forte do que o normal devido aos computadores portáteis com os novos chips da Intel e vendas relacionadas ao feriado do Ano Novo Lunar na Asia. Lai espera que a distribuição de PCs cresça 14% neste ano, 4% a mais do que a previsão anterior.

 
 
Fonte: PcWorld

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar