Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

ADAPTADOR PARA O NOVO PADRÃO BRASILEIRO DE TOMADAS CUSTA R$ 9,99

20/01/2010 01:00:00

adaptador_150Você pode até achar que, por enquanto, isso não é um problema seu. Sentimos informar que, muito antes do que você imagina, será necessário encarar o novo padrão de tomadas e plugues ? aquele que têm 3 pinos redondos ?quase? em linha (veja imagem ao lado) ? que foi definido pelo Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro).

Desde o início de janeiro de 2010, todos os equipamentos elétricos que necessitam de aterramento, como computadores, geladeiras, máquinas de lavar roupa e fornos micro-ondas , já devem sair de fábrica trazendo os novos plugues.

Isso não quer dizer que você não encontrará equipamentos à venda no mercado com plugues antigos. A legislação define que eles podem sim ser vendidos até outubro deste ano.

Mas o que fazer caso você adquira um produto novo e ele traga o nome plugue? Para quem mora ou trabalha em uma edificação construída a partir janeiro de 2009 não haverá problema. Pela nova lei, tais construções já devem contar com a nova tomada.

Para os demais mortais, restam duas alternativas: trocar as tomadas pelo novo modelo ou então usar um bom e velho ? ou melhor, novo adaptador.

A SMS, por exemplo, desenvolveu dois adaptadores distintos. Para quem tem equipamentos que já trazem o novo plugue e deseja ligá-los a uma tomada do padrão antigo, existe o Adaptador para Tomada Padrão Antigo (código 64119), que tem preço sugerido de 9,99 reais.

No caso de equipamentos fabricados antes de janeiro de 2010 e que vêm com plugues no padrão antigo, foi desenvolvido o Adaptador para Tomada Padrão Novo (código 6412), também por 9,99 reais.

adaptator_580

Existe ainda uma extensão (código 64100) para ligar até quatro aparelhos elétricos com plugues novos a uma tomada no padrão antigo e que custa 20 reais em média. Tanto os adaptadores quanto a extensão suportam corrente nominal de 15 ampères e tensões de entrada de 127 V (1.270 W) e 220V (2.200 W).

 
 
 
Fonte: PCWorld

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar