Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

GOOGLE CHUTA BALDES E DERRUBA CENSURA NA CHINA

13/01/2010 01:00:00

Boa, Google! Mega orgulho de entrar no seu blog corporativo e descobrir que, por conta de problemas de segurança cibernética (ei, isso É verdade!) você vai derrubar a censura na China em qualquer busca e ainda ameaça sair do mercado chinês (mm, isso não é bom, certo?).

Diz o Google Blog, num texto assinado por David Drummond, advogado-chefe da empresa (minha tradução):

?Esses ataques e a vigilância que eles mostraram, combinados com as tentativas no último ano de tentar limitar a liberdade de expressão na web, nos levaram a concluir que devemos rever a viabilidade de nossas operações comerciais na China. Decidimos que não vamos continuar a censurar os resultados no Google.cn, e nas próximas semanas vamos discutir com o governo chinês bases para continuar operando um mecanismo de buscas sob a lei, se possível. Reconhecemos que isso pode levar ao fechamento do Google.cn e potencialmente nossos escritórios na China.

A decisão de reavaliar as operações comerciais na China foi muito difícil, e sabemos que sofreremos potenciais consequências. Queremos deixar claro que esta ação foi motivada por nossos executivos nos Estados Unidos, sem o conhecimento ou envolvimento dos empregados na China, que trabalharam duro para tornar o Google.cn o sucesso que é hoje. Estamos comprometidos a trabalhar responsavelmente para resolver os difíceis tópicos levantados agora?.

Os motivos para tal atitude são claros no post do Google: ataques sofisticados à infra-estrutura corporativa vindos da China, que levaram ao roubo de ?propriedade intelectual? do Google, mas com foco também em pelo menos outras grandes empresas de tecnologia, internet, finanças, mídia e setor químico. Veja que em nenhum momento o Google aponta o dedo para governo ou hackers ? apenas ?veio da China?.

E o post segue:

?Temos evidências que sugerem que o alvo primário dos ataques foi acessar contas do Gmail de ativistas de direitos humanos chineses. Baseado em nossa investigação, até o momento acreditamos que o ataque não conseguiu cumprir seu objetivo. Apenas duas contas do Gmail parecem ter sido acessadas, com atividade limitada a informações da conta e linhas de assunto, em vez do conteúdo dos e-mails?.

Posso estar errado, mas é a primeira vez que vejo uma grande corporação batendo de frente com um governo, e as consequências disso podem ser enormes. Yahoo! e Microsoft, nessa hora, se escondem embaixo da cama por manter sua censura nas buscas.
 
 
 
Fonte: Zumo

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar