Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

NVIDIA LANÇA SEGUNDA GERAÇÃO DA SUA PLATAFORMA GRÁFICA PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS

11/01/2010 01:00:00

A NVIDIA lançou ontem na CES 2010 a segunda geração da sua plataforma gráfica Tegra, destinada a atender às necessidades de dispositivos móveis incapazes de usar os seus gráficos integrados convencionais. Os processadores desenvolvidos pela empresa foram concebidos a partir de um processo de fabricação de 40 nanômetros e contam com 8 núcleos gráficos independentes para lidar com diversas tarefas de dispositivos móveis, de forma que todas elas sejam realizadas de forma bastante veloz.

No entanto, a Tegra 2 também possui altíssima eficiência energética ? muito maior que a de um processador Atom, da Intel ? por ser baseada na arquitetura ARM Cortex A9, dividindo os oito núcleos gráficos da GPU nos dois de processamento central do chip. Isso resulta em enorme eficiência energética e performance competitiva com o Atom, mesmo quando a frequência de operação dele é muito maior.

Quando comparado com os processadores convencionais dos atuais smartphones, a Tegra 2 pode ser até dez vezes mais rápida, além de ser capaz de reproduzir vídeo HD 1080p, acelerar conteúdo baseado no futuro Adobe Flash Player 10.1 e suportar avançadas interfaces de usuário em 3D em dispositivos móveis. Ao mesmo tempo, ela possui uma autonomia energética de 16 horas para reprodução de conteúdo em alta definição e 140 horas para áudio.

Todas essas especificações são encontradas atualmente em consoles de alto nível e, de acordo com alguns desenvolvedores de jogos parceiros da NVIDIA, podem ser totalmente reproduzidas em hardware com a nova GPU móvel. A seguir, está um vídeo do Unreal Engine 3 (produzido pela Epic Games) rodando em hardware Tegra:

O CEO da NVIDIA, Jen-Hsuan Huang, também demonstrou na CES alguns protótipos de tablets baseados na Tegra 2:

Ao que tudo indica, a NVIDIA conseguiu criar o tipo de hardware que será a principal escolha das fabricantes de tablets neste ano, que deverá ser bastante dedicado a esse tipo de dispositivos. Não se sabe se a Apple também adotará a nova tecnologia da sua parceira; porém, estima-se que o hardware da sua suposta tablet não será Intel, sugerindo que ela também tenha investido em alguma solução ARM que talvez possa usar Tegra 2.
 
 
 
Fonte: MacMagazine

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar