Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

YOUTUBE QUER COBRAR POR VÍDEOS

17/12/2009 01:00:00

O YouTube estuda uma nova estratégia para obter receita. O projeto engloba uma opção de assinaturas pagas por seus serviços para que mais grupos de mídia aceitem o licenciamento de seus principais filmes e seriados de televisão.

De acordo com a Reuters, David Eun, vice-presidente de conteúdo do Google, alguns seriados completos não serão disponibilizados no YouTube com seu modelo de publicidade atual.  "Estamos fazendo apostas interessantes em vídeos mais compridos; nem todo esse conteúdo está disponível para nós com este modelo de publicidade", afirmou.

Segundo ele, parceiros de conteúdo do site poderão escolher o que for melhor para eles. O YouTube pretende aumentar sua opção de vídeos com o licenciamento de programas completos.

Estúdios e canais de TV estão um pouco relutantes com a proposta já que o lucro com a venda de TV a cabo e de DVDs é muito grande. Mesmo com um acordo publicitário de divisão de receita não faria sentido oferecer suas principais atrações de graça na internet.

Maior comunidade de vídeos online no mundo, o YouTube anuncia oficialmente pela primeira vez a lista dos filmes mais vistos e os termos de busca que tiveram maior ascensão em 2009.

?De novos cantores que estrearam em palcos do mundo a noivos dançado pelos corredores da igreja, o YouTube ofereceu a cada um uma forma de experimentar e compartilhar, nos grandes e pequenos momentos, cenas que tocaram milhões de pessoas no mundo inteiro?, diz Chad Hurley, CEO e co-fundador do YouTube.

Além da elaboração das listas de mais assistidos, o YouTube também analisou as bilhões de consultas que as pessoas fizeram no YouTube em 2009 para identificar alguns dos termos buscados de maior crescimento em cada mês. Como o Google Zeitgeist, as listas revelam os interesses, questões e entretenimento que conectou o mundo ao longo do ano.
 
 
Fonte: Wnews

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar