Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

ACUSADO DE FACILITAR PORNOGRAFIA, SITE DE REGISTROS CANCELA 3 MIL DOMÍNIOS

16/12/2009 01:00:00

Um site de registro de domínios chinês, muito criticado por permitir o registro de endereços maliciosos, prometeu fiscalização mais rigorosa nesta terça-feira (15/12), depois de ter sido censurado na busca do governo por pornografia na internet.

O regulador de registros de domínio da China se tornou a mais recente fonte a criticar o Xinnet.com, empresa de registro de domínios com sede em Pequim, após a agência intensificar esforços para impedir que dados pessoais falsos sejam usados para registrar domínios.

As criticas vieram depois que a agência realizou outras ações, incluindo barrar registros de nomes que fazem parte de uma campanha do governo contra todas as formas de pornografia online.

A Xinnet removeu do seu banco de dados cerca de 3 mil domínios criados com informações falsas, de acordo com um comunicado, numa demonstração dos efeitos iniciais da ação pelo órgão regulador de domínios, o China Internet Network Information Center (CNNIC).

A ação pode dificultar o registro de usuários locais e o uso de domínios para pornografia e objetivos maliciosos, mas os efeitos não serão permanentes, de acordo com um pesquisador local de segurança.

?Impedir que usuários individuais registrem domínios é uma solução temporária?, disse o CEO da companhia de segurança KnowSec, Zhao Wei. ?Caso contrário, o crescimento da internet seria limitado.?

Segundo Zhao, os criminosos que não puderem registrar domínios na China começarão a usar servidores baseados em outros países. ?A internet torna isso fácil. As pessoas são globais?, finalizou.
 
 
 
Fonte: IdgNow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar