Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

CHROME BETA PARA MAC É RÁPIDO, MAS FICA DEVENDO VÁRIOS RECURSOS

10/12/2009 01:00:00

O Google disponibilizou ontem (8/12) a versão beta do Chrome para Mac, navegador que chega para brigar com browsers como Safari, Firefox, OmniWeb, Camino, iCab e Opera.

Como se trata de uma versão beta, ficam faltando alguns recursos mais avançados, presentes na versão para Windows,  como gerenciador de favoritos, além de recursos mais poderosos, como  suporte para comandos multitouch, compatibilidade com sistemas de 64 bits e com aplicações do Google Gears.

Para completar, os cookies não podem ser exibidos, embora possamos definir se os aceitamos ou não. Alterar as configurações de inicialização, fontes e padrões de linguagem, bem como gerenciar certificados SSL, são recursos que devem chegar na versão final do navegador, portanto não estão disponíveis para a versão beta.

Há também a opção para importar histórico, favoritos, cookies, senhas salvas e motores de busca do Safari e Firefox, pelo botão Importar configurações e favoritos, que fica no menu Chrome. Isso não é nenhuma grande novidade, mas facilita a migração.

Interface
O visual não é muito diferente do Chrome para Windows. As guias ficam sobre a barra de endereços e os botões permanecem os mesmos (Avançar e Voltar, Atualizar, Página Inicial e Adicionar aos favoritos). Gostamos das abas serem posicionadas na parte superior da janela, por oferecer mais espaço para a visualização do site.

144911-tabsontop_original.jpg

Abas ficam no topo da janela, acima da barra de endereços

A barra de endereços também pode ser usada para buscas do Google. Não há como definir qual será o mecanismo de busca padrão, mas são grandes as chances do recurso aparecer na versão final.

As guias de cada página aberta são bastante flexíveis. Elas podem ser arrastadas para fora da barra para abrirem novas janelas ou vice-versa. Cada guia tem seu próprio indicador, com o progresso de carregamento e o botão Fechar aba.

Um ponto positivo para o Google Chrome é o fato de o navegador salvar o ícone favicon (imagem que aparece antes da URL da página) com os favoritos, o que possibilita retirar o texto para ganhar espaço.

144911-favicons_original.jpg

Favicon ajuda na identificação dos favoritos

Velocidade
O Chrome é um navegador muito rápido, tanto na sensação quanto nos testes de desempenho. Quando partimos de uma URL,  a página começa a ser carregada instantaneamente. Detalhes como mover guias ou abrir novas janelas ganharam na precisão, se comparado com o Firefox.

Testamos oito navegadores (Firefox 3.5 e 3.6ba, Safari e WebKit, OmniWeb, Camino, Opera e Chrome) em dois testes de desempenho. O SunSpider JavaScript Benchmark busca mostrar a velocidade real de execução de JavaScript, usando as funções existentes nos sites atuais. Usamos também o Peackeeper browser benchmark para outro teste com JavaScript.

Feitos os testes, o navegador mais rápido foi o WebKit, que é fruto do projeto de código aberto que serve de base também para o Safari, da Apple. Aliás, tanto o Safari quanto o Chrome são desenvolvidos tendo como base o WebKit, o que justifica o empate dos dois em segundo. Os resultados dos demais navegadores variaram entre duas a dez vezes mais lentos, em relação ao Safari e a o Chrome. Logicamente, testes de JavaScript não representam a única forma de avaliar a performance de um navegador, mas representam um bom referencial de velocidade.

Abas com processos
Cada aba aberta no Chrome trabalha com processos separados, ou seja, caso aconteça uma pane em uma janela do navegador, somente uma página será fechada, mantendo as restantes abertas.

Quando alguma página travar, você será alertado por um simpático pop-up, que solicita seu fechamento.

144911-crashtest_original.jpg

A página travou? Somente uma aba será fechada

A desvantagem em trabalhar com vários processos separados é o alto consumo de memória RAM. Enquanto o Firefox 3.5 gasta 172 MB de memória RAM para abrir cinco páginas em guias diferentes, o Chrome utilizou 275 MB. Se você trabalha com várias páginas abertas, deve ficar de olho no consumo de memória RAM.

Personalize
Não gostou da aparência do Chrome? Instale temas para alterar o visual do cabeçalho, botões e vários outros elementos da interface. O navegador traz uma área com muitos temas, que vão de estrelas da música pop, como Mariah Carey, a personagens infantis.

144911-themes_original.jpg

Diversos temas de artistas, ou do próprio Google, podem ser atribuidos ao navegador

Veredicto
O Chrome para Mac ainda não tem todos os recursos dignos de um bom navegador, mas conta com uma interface intuitiva e rápida para executar suas funções.

Supondo que o Google consiga manter a velocidade do navegador quando incluir seus recursos restantes, certamente será uma boa alternativa para quem está cançado do Firefox e Safari.
 
 
Fonte: MacWorldBrasil

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar