Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

LARRABEE, CHIP GRÁFICO DA INTEL, VAI ATRASAR

08/12/2009 01:00:00

A Intel resolveu postergar o anúncio comercial do seu no processador gráfico, o Larrabee, que tinha lançamento previsto para 2010. E não informa quando o lançamento irá ocorrer.

Inicialmente, a fabricante de processadores  havia planejado o início da vendas do processador de múltiplos core para algum momento de 2010, mas houve um descompasso entre os planos de anúncio comercial do chip e seu desenvolvimento pela equipe que trabalha no projeto, afirmou um porta-voz da empresa na sexta-feira (4/12), sem dar detalhes do que realmente ocorreu.

A Intel continua empenhada na oferta de um processador gráfico e volta a discutir o tema no próximo ano, disse o porta-voz da empresa. Modelos do Larrabee serão apresentados em 2010, junto com ferramentas que irá permitir aos desenvolvedores escreverem e testarem aplicativos para o chip.

Em setembro de 2009, a fabricante demonstrou um sistema baseado no Larrabee durante o Intel Development Forum, realizado em São Francisco (EUA). Naquele momento, a empresa afirmou que o processador começaria a ser vendido já no próximo ano, sem contudo dizer quando isso aconteceria exatamente. Mas não foram divulgadas muitas informações a respeito do componente (como o número de núcleos, por exemplo) que, conforme foi visto, parecia ainda ter muito o que melhorar.

O Larrabee será o primeiro processador gráfico dedicado da Intel, e tem como principal característica os múltiplos núcleos que serão capazes de realizar os mesmos tipos de tarefas que uma CPU multicore, mas entregando mais paralelismo ao oferecer mais capacidade de processar dados.

O chip será baseado na arquitetura x86 e será terá capacidade de processamento gráfico completo. Tudo isso para competir diretamente com a Nvidia e AMD, que oferecem processadores gráficos para jogos e aplicações de alto desempenho.

Ainda durante o evento para desenvolvedores, o vice-presidente executivo e gerente geral da Intel, Sean Maloney, sugeriu que a tecnologia por trás do Larrabee poderia ser usada, no futuro, para produzir core gráficos que possam ser integrados aos processadores.
 
 
Fonte: PcWorld

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar