Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

MICROSOFT NEGA QUE ATUALIZAÇÕES CAUSEM A TELA PRETA DA MORTE EM PCS

03/12/2009 01:00:00

A Microsoft negou na segunda-feira (1/12) que as atualizações feitas no Windows em novembro tenham feito surgir uma ?tela preta? nos computadores dos usuários.

?A Microsoft investigou relatos de que as atualizações de segurança do mês passado provocaram mudanças em permissões no registro e, como consequência, teriam resultado em problemas nos sistemas de alguns consumidores?, disse o representante de segurança da Microsoft, Christopher Budd. ?A companhia concluiu que as informações não são precisas. Nossa investigação mostrou que nenhuma das atualizações recentes está relacionada com o comportamento descrito nos relatos.?

Os relatos a que Budd se refere vieram de uma postagem em um blog da fabricante de produtos de segurança Prevx , no Reino Unido, na semana passada. O texto afirmava que as atualizações do Windows alteraram entradas no registro, impedindo que alguns softwares instalados rodassem normalmente. O resultado, segundo a Prevx, é uma tela preta, apelidada de ?tela preta da morte?, em referência à ?tela azul da morte? que o sistema operacional mostra depois de uma falha grave.

Desde o relato inicial, a Prevx afirmou que uma atualização em novembro e outra de julho são as causas da tela preta.

?As condições que levam à tela preta não são muito claras?, admitiu o membro do grupo de suporte da Prevx Dave Kennerley em uma atualização ao post original. ?Alguns testes do sistema desencadeiam uma condição, outros são menos consistentes. Os pacotes que são mais comuns para o erro aparecer são o KB915597 e o KB976098.?

Kennerley também disse que a falha estava na entrada do registro do WinLogon Shell para o Explorer.exe, o gerenciador de arquivos do Windows. ?A entrada existe perfeitamente no registro, mas não é acessível e é ignorada pelo sistema operacional, impedindo que a área de trabalho e a barra de tarefas carreguem?, adicionou.

Algumas pessoas estão céticas em relação à possibilidade de que o problema apontado pela Prevx tenha sido causado pelas atualizações citadas por Kennerley. Rafael Rivera, que escreve no blog Within Windows, disse que suas investigações apontaram para uma correção na ferramenta de remoção de softwares maliciosos. A atualização, feita automaticamente pelo Windows Update, detecta e apaga malwares identificados pela Microsoft como perigosos.

?Essas atualizações em particular não tocam o registro do Shell?, disse Rivera. ?Acredito que a única atualização que encostou em parte dos registros recentemente foi a da ferramenta de remoção de softwares maliciosos de novembro.?

Rivera apontou uma das atualizações para detecção de atualizações como a mais possível causa, mas a Microsoft garante que não é responsável por nenhuma tela preta.

?Nós conduzimos uma análise das atualizações de novembro e concluímos que nenhuma das correções tem relação com a tela preta?, reforça Budd. Ele também afirma que o suporte técnico da Microsoft ?não vê a tela preta como um grande problema para consumidores.?

 
 
 
Fonte: PcWorld

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar