Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

MONITOR CARO FUNCIONA COMO TELEVISÃO EM 3D

30/11/2009 01:00:00

É um longo caminho até o topo, se você quer fazer rock´n´roll. A letra da música do grupo AC/DC se equipara à sensação do teste do monitor 3D de 46 polegadas da Hyundai. O efeito final é impressionante, mas o caminho é longo, tortuoso, caro e exige muita infra-estrutura.

Para usar o monitor, você precisa cumprir uma lista de exigências. Seu computador precisa ter, no mínimo, um processador Intel Core 2 Duo ou Athlon, 1 Gbyte de memória RAM, 100 Mbytes de espaço livre no disco, Windows XP ou superior, placa de áudio DirectX 9.0 e placa gráfica de alta capacidade --como GeForce, DirectX, linha Quadro FX da Nvidia. Uma placa gráfica de boa qualidade é fator essencial e grande parte dos produtos desse tipo não saem por menos de R$ 1.000.

Joel Silva/Folha Imagem
Partes de dentro e de fora do óculos mostram os efeitos da imagem do monitor, que funciona como uma televisão em 3D
Partes de dentro e de fora do óculos mostram os efeitos da imagem do monitor, que é caro e funciona como uma TV em 3ª dimensão

Tendo uma máquina potente o suficiente, você precisa se adaptar a ela, o que também não é muito fácil. O monitor tem apenas uma entrada HDMI e se conecta ao computador por um cabo VGA. O pequeno controle (parecido com aqueles que controlam aparelhos de som de carros) parece ter dificuldades de conversar com o monitor, pela lentidão da resposta.

Para visualizar o efeito de três dimensões, só com o uso de óculos. Além disso, o efeito é melhor visualizado se você está com o olhar na altura do aparelho e a 90º em relação à tela -quem fica nos cantos da sala perde a qualidade da imagem.

Cumpridas todas as exigências anteriores, a instalação é simples e o monitor tem alto desempenho.

O teste foi feito com o filme "Pulp Fiction", de Quentin Tarantino, que não foi originalmente feito para a tecnologia 3D. Mesmo assim, a imagem foi convertida com sucesso. O monitor funciona realmente como uma TV de três dimensões.

Segundo a Absolut Technologies, que comercializa o produto no Brasil, o aparelho traz um programa integrado chamado Tridef 3D Media Player, que faz a conversão de imagens de duas para três dimensões.

Uma das recomendações da empresa para o uso do aparelho é na execução de games. Sabendo disso, a Folha executou o World of WarCraft (WoW) e o Left For Dead 2 e teve bons resultados. O destaque ficou com o WoW, que trouxe as imagens mais impressionantes.

Apesar disso, o jogador teria que usar o óculos o tempo todo -o que pode causar incômodo- e ter um teclado sem fio (ou com fio longo o suficiente) para ficar a uma boa distância da tela e visualizar o efeito.

O monitor é vendido em três modelos, de 22, 24 e 46 polegadas. Os preços são mais um obstáculo.

O de 22 sai por R$ 4.800 e tem resolução de 1.680x1.050; o de 24 custa R$ 9.800 e tem resolução de 1.920x1.200. O aparelho testado (46 polegadas) não sai por menos de R$ 36.000, com resolução de 1.920x1.080.

Os aparelhos estão à venda e são acompanhados de um par de óculos.
 
 
 
 
Fonte: Folha

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar