Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

JUSTIÇA ARGENTINA CONDENA EMPRESA POR DEMITIR FUNCIONÁRIO POR JOGAR VIDEOGAME

23/11/2009 01:00:00

A Justiça do trabalho argentina condenou uma empresa a pagar uma indenização de 225 mil pesos (US$ 58.900) a um funcionário que havia sido demitido por jogar videogame no horário de serviço, informam nesta sexta-feira pessoas envolvidas no processo.

A concessionária de automóveis alegava que o vendedor tinha sido visto várias vezes jogando em horário de trabalho, mas o tribunal considerou que a atitude do empregado não era grave o suficiente para justificar a demissão.

Segundo a decisão, o fato de o funcionário brincar no horário de trabalho demandaria uma repreensão, mas não a demissão. O tribunal também levou em conta que não houve reclamações de clientes e que, quando o vendedor jogava videogame, não havia pessoas para serem atendidas na loja.
 
 
Fonte: Folha

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar