Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

EUROPA ESTRANHA COMENTÁRIO DOS EUA SOBRE FUSÃO ORACLE-SUN

11/11/2009 01:00:00

 Comentários do Departamento de Justiça dos Estados Unidos feitos após a rejeição formal das autoridades antitruste europeias à compra da Sun Microsystems pela Oracle foram "incomuns", disse a Comissão Europeia nesta terça-feira.

A fabricante de computadores Sun afirmou na segunda-feira que a Comissão havia rejeitado a união de seu produtos de base de dados MySQL aos produtos da fabricante de softwares Oracle, uma vez que a iniciativa poderia afetar negativamente a concorrência no setor de base de dados.

O Departamento de Justiça norte-americano, que havia aprovado o negócio em agosto, disse em comunicado divulgado na segunda-feira que acredita que consumidores continuariam tendo variedade de escolha após a fusão das duas empresas, acrescentando que seria pouco provável que a união seja anticompetitiva.

Ao ser perguntado sobre os comentários, Jonathan Todd, porta-voz da comissária europeia de concorrência, Neelie Kroes, afirmou: "Que estranho. Não me lembro de nenhum momento em que a Comissão Europeia tenha feito uma declaração a respeito de investigações ainda em andamento em outra jurisdição".

Ele disse ainda que as duas agências reguladoras usam critérios diferentes para examinar uma fusão.

"Temos nossos métodos, e eles têm os seus. Nós aplicamos regras de controle de fusão europeias, eles aplicam regras de controle de fusão norte-americanas", afirmou.

A última vez que as agências reguladoras emitiram decisões diferentes sobre um caso de fusão foi em 2000, quando as autoridades norte-americanas aprovaram a aquisição da Honeywell pela General Electric, em operação que foi bloqueada pela Comissão Europeia em 2001 por motivos de antitruste.

A Sun concordou com a compra pela Oracle em abril, após vários anos de tentativas frustradas de dar uma reviravolta, e espera que o acordo vá transformá-la em uma empresa de tecnologia diversificada.
 
 
 
 
Fonte: Uol

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar