Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

BANDA LARGA POPULAR DA TELEFÔNICA NÃO TEM DATA PARA COMEÇAR

10/11/2009 01:00:00

O programa de banda larga popular do governo do Estado de São Paulo corre o risco demorar a sair do papel. A Telefônica, única empresa a apresentar oferta de banda larga popular, anunciou, durante o lançamento do programa, que passaria a vender o produto a partir desta segunda-feira (09/11).

No entanto, o call center da Telefônica informou à reportagem de Computerworld que não tem informações sobre a nova data de lançamento do serviço. Em comunicado, a assessoria de imprensa da operadora declara que a empresa "prossegue trabalhando para viabilizar, no menor prazo possível, o lançamento do produto" e que "espera concluir em breve as atividades adicionais necessárias para iniciar a comercialização do produto".

No anúncio do lançamento da banda larga popular, o diretor de mercado residencial da Telefônica, Fabio Bruggioni, afirmou que a expectativa da empresa era conquistar 1,3 milhão de usuários de banda larga popular. Este é o total de residências em São Paulo que utilizam linha discada para acessar a web.

O adiamento da oferta da Telefônica ocorre dias após a operadora se envolver em uma polêmica. A Telefônica dizia que a oferta de banda larga popular valeria apenas para seus clientes, logo, os interessados deveriam contratar um plano de telefonia fixa para assinarem a banda larga popular.

O governo do Estado de São Paulo, por sua vez, informava que, para receber isenção do ICMS, a oferta deveria seguir as normas estipuladas no decreto que estabeleceu o programa. E, por essas regras, o plano de banda larga popular não poderia estar vinculado à aquisição de qualquer outro produto.

Procurada por Computerworld, a assessoria de imprensa do Governo do Estado não tinha um porta-voz para dar atender à reportagem até a publicação deste texto.
 
 
 
Fonte: IdGNow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar