Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

CINEMA NACIONAL É A ESTRELA DO PROJETA BRASIL CINEMARK

21/10/2009 01:00:00


Reservar um dia inteiro apenas para a exibição de filmes nacionais e convidar o público a prestigiar a sétima arte pagando um preço simbólico. Batizada de Projeta Brasil, a iniciativa criada pela rede de salas de cinema Cinemark completa dez anos agora em 2009 na tentativa contínua de difundir o interesse pelas produções nacionais e de aumentar o público freqüentador das salas de projeção.

Marcada para o dia 9 de novembro, a edição deste ano do evento mobilizará as 412 salas que a rede possui em 27 cidades brasileiras. Com um cardápio de 25 filmes que estrearam no circuito nacional neste ano, o Cinemark pretende superar a marca de 1,4 milhões de ingressos vendidos no ano passado.

Para convidar o público para as sessões desse ano, a agência Z+, detentora da conta publicitária da rede de salas de projeção, formulou uma campanha publicitária seguindo o mote utilizado nos anos anteriores do Projeta Brasil: a utilização de um artista famoso que dispensa o cachê para divulgar a mensagem de inclusão cultural.

Desta vez, o filme publicitário, que entrou no ar nesse último domingo, 18, terá o rosto e a voz do ator Cauã Reymond, que, de forma bem didática, divulgará a data da iniciativa e enfatizará o preço de R$ 2 do ingresso. Com o mote "Dez por dois", a agência reforçou o tempo de existência do projeto e o caráter cultural da iniciativa. "Toda a renda do Projeta Brasil é revertida para o desenvolvimento do cinema nacional. A agência quis produzir uma campanha que traduzisse essa ideia", conta o diretor de criação da Z+, Marcelo Arbex.

Além do filme televisivo - que será exibido na TV aberta e por assinatura - a agência também produziu peças de mídia impressa, spots de rádio e ações de ponto de venda. Para falar diretamente com público amante do cinema nacional e das artes, uma grande estratégia de divulgação do projeto na internet foi criada, com apoio da agência Media Contacts.

Diferente das nove edições anteriores, o ambiente digital é tratado como um forte canal de divulgação para a iniciativa do Cinemark. "Pelas redes sociais conseguimos falar diretamente com o público que gosta e acompanha o cinema nacional e conseguimos nos aproximar bem mais dos jovens", opina Paola Zingman, diretora de social media e search da Media Contacts. Ela conta que canais no Facebook, no Twitter e no YouTube serão utilizados para a realização de promoções de distribuição de ingressos, divulgação das salas de exibição e exibição de trailers dos filmes que fazem parte do projeto.




Fonte: M&M Online

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar