Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

EMPRESA DE MAMI DIZ QUE LEVARÁ FIBRA A CUBA

15/10/2009

Empresa de Mami diz que levará fibra a Cuba
Habitantes da ilha poderão ter internet mais rápida e ligações mais baratas
Uma pequena empresa de Miami disse que o governo norte-americano deu sua permissão para levar a primeira fibra óptica de comunicação dos Estados Unidos para Cuba.
 

Isso poderia reduzir drasticamente o custo de ligação para a ilha e tornar a internet mais acessível aos cubanos.

Oficiais do Departamento de Tesouro não estavam disponíveis para confirmar se a TeleCuba Communications Inc. recebeu a aprovação, que é necessária, embora a administração Obama tenha aliviado restrições de longa data a links de telecomunicações para Cuba em abril.

A TeleCuba disse na quinta-feira que seu cabo vai operar a partir de meados de 2011. Ela ainda precisa da permissão final do governo de Cuba para estender o cabo.

Um oficial do governo em Cuba, falando em condição de anonimato porque não está autorizada a falar publicamente, disse que Cuba vem esperando que os Estados Unidos aprovem ?um grupo de empresas? que querem construir infraestrutura de telecomunicações. Mas a autoridade não pode confirmar se Cuba daria sua permissão para que elas entrem no mercado.
 
Cuba é a única nação no Hemisfério Norte que não está ligada ao mundo exterior por fibra óptica. Em seu lugar, a ilha conta com links de satélite lentos e caros. Embora o cabo possa tornar as ligações muito baratas, o governo cubano ficaria a cargo de definir taxas, e poderia manter as restrições ao acesso à internet também.
 

O governo da Venezuela, aliado de Cuba, anunciou que construirá fibra até Cuba, e poderia deixar a TeleCuba para trás, chegando à ilha no próximo ano. Mas a construção ainda não começou, e a TeleCuba tem a vantagem de uma rota mais curta: 110 milhas, em comparação a 996 milhas da Venezuela.

?Podemos entrar em uma pequena corrida contra eles?, disse Luis Coello, CEO da TeleCuba.

A TeleCuba projeta os custos da sua fibra em até 18 milhões de dólares, que serão financiados por investidores privados, enquanto a Venezuela disse neste verão que planeja gastar 70 milhões de dólares.

A fibra da TeleCuba vai seguir a rota de uma falecida companhia de cabo telefônico de cobre de Key West a Cojimar, um subúrbio do leste da capital cubana, Havana. Além de levar comunicações, ela terá sensores científicos e climáticos.

A capacidade do cabo será de 8 a 10 terabits por segundo, suficiente para mais de 160 milhões de ligações telefônicas simultâneas. O último cabo operacional de cobre da Flórida para Cuba podia fazer 144 ligações telefônicas ao mesmo tempo.
 
 
 
Fonte: Info Abril

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar