Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

FRAUDES POR EMAIL ESTÃO SE ESPALHANDO, DIZEM ESPECIALISTAS

08/10/2009

Especialistas em internet alertaram que o esquema de phishing que está afetando os serviços de email mais populares do mundo, como Hotmail e GMail, está se espalhando.

"Phishing" é o termo utilizado para caracterizar a prática de usar site e endereços falsos para tentar fazer as pessoas revelarem informações como seus dados bancários ou nome de usuário de contas na internet.

A companhia americana Websense afirmou que notou um grande aumento em emails de spam vindos de contas do Hotmail, GMail e Yahoo devido ao fato de contas infectadas estarem enviando emails personalizados, sugerindo sites de compras que são, na verdade, de mentira.

O especialista em segurança Carl Leonard aconselhou usuários a checarem com amigos se eles realmente fizeram a recomendação antes de visitarem novos site de compras.

Já Amichai Shulman, da empresa de segurança Imperva, disse que o grande número de vítimas sugere que ocorreu um ataque do tipo keylogging.

Diferentemente do ataque do tipo phishing, no keylogging tudo o que é digitado no computador infectado é registrado, incluindo senhas e detalhes de contas bancárias - e isso pode ser explorado pelos hackers.

Contas infectadas

Milhares de contas de email foram afetadas devido ao esquema de phishing. O esquema foi divulgado quando uma série de listas, detalhando mais de 30 mil nomes e senhas de contas de email do Hotmail, Google e Yahoo foram postadas online.

A BBC teve acesso a duas listas que detalham mais de 30 mil nomes e senhas de provedores de email, incluindo Yahoo e AOL, que foram postados online. A Google já sabe da existência de uma terceira lista, mas ainda não sabe quantos nomes estão nela.

O tamanho deste novo golpe levou Shulman a questionar se este foi um ataque de phishing tradicional.
"A grande maioria das pessoas não cai nos ataques phishing e as taxas de sucesso giram em torno de um por mil. O fato de estas listas conterem 10 mil nomes sugere que, em minha opinião, foi um ataque keylogging", afirmou.

Redes de relacionamento
De acordo com um relatório publicado pela companhia MarkMonitor na semana passada, os ataques de phishing estão em alta e agora tem como alvo sites de pagamento e redes de relacionamento e não apenas as tradicionais páginas de bancos.

Especialistas do setor aconselham as pessoas que possam ter sido afetadas por este último golpe a atualizarem seus sistemas antivírus e mudem suas senhas imediatamente.

E, para os que ficam confusos com tantas senhas diferentes, Sean Sullivan, da companhia F-Secure, dá um conselho incomum.

"As pessoas deveriam anotar suas senhas para internet. É o único jeito de garantir que vão se lembrar de uma senha ´forte´", afirmou.
 
 
 
Fonte: Uol

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar