Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

NOVOS CHIPS XEON PARA SERVIDORES CHEGAM NO INÍCIO DE 2010

24/09/2009

Os primeiros chips para servidores Xeon, da Intel, com quatro núcleos, devem começar a chegar aos fabricantes no primeiro trimestre de 2010. A nova previsão, que antecipa o prazo previsto anteriormente, foi anunciada pela fabricante norte-americana de microprocessadores na terça-feira (22/9) durante o evento Intel Developer Forum (IDF), em São Francisco, nos Estados Unidos.

"Estamos na rota para a produção no primeiro trimestre", informou Kirk Skaugen, vice-presidente e diretor geral do grupo de plataformas de servidores da Intel, durante o IDF.

Os microprocessadores serão produzidos pelo processo de fabricação de 32 nanômetros e farão parte da linha de chips Xeon 5000. Os componentes serão baseados na microarquitetura Westmere, comportando uma série de atualizações em relação aos atuais chips Xeon, que são feitos pelo processo de 45 nanômetros.

De acordo com Skaugen, os chips serão compatíveis com máquinas que possuem capacidade para dois ou quatro soquetes de processadores.

A arquitetura Westmere é um encolhimento da arquitetura Nehalem, que forma a base dos chips Xeon 5500 atuais. A Nehalem oferece uma série de melhorias em desempenho por integrar um controle de memória ao chip. Isso faz com que a CPU tenha um atalho para acessar a memória do chip, além de criar um caminho mais rápido para que a CPU se comunique com componentes do sistema como a placa gráfica da máquina.

A nova tecnologia Westmere promete melhorias em desempenho e consumo de energia - redução do vazamento de energia em mais de 30 vezes na comparação com o processo de manufatura de 45 nanômetros -, informa a Intel.

Outro destaque da nova microarquitetura é adicionar um conjunto de instruções que torna mais rápida a encriptação de dados, chamada Advanced Encryption Standard (AES), informou Skaugen. A novidade será útil para dados seguros que residem em servidores e na computação em nuvem, disse o executivo da Intel. O chip também inclui funções que podem assegurar dados em ambientes de virtualização.

Itanium e 22 nanômetros
A Intel também informou que vai manter um ciclo de desenvolvimento de dois anos para a linha Itanium de microprocessadores para servidores. Após uma série de atrasos, a empresa vai lançar a versão mais recente da linha, apelidada de Tukwila, no primeiro trimestre de 2010. O sucessor desta nova linha, já batizado de Poulson, será produzido em 32 nanômetros e deve surgir em 2012, informou Skaugen.

A empresa também mostrou seu primeiro wafer de 22 nanômetros durante a IDF. A fina fatia redonda de material semicondutor apresentada pelo principal executivo da Intel, o Chief Executive Officer, Paul Otellini, durante a abertura do IDF, inclui memória .
 
 
Fonte: Computerworld

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar