Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

GIRASSOL FUMANTE APOIA LEI ANTI-FUMO

22/09/2009

Um girassol que fuma até a morte e transmite sua agonia pelo Twitter e YouTube foi a ideia de uma agência de publicidade paulista para manifestar seu apoio à lei local que restringe o fumo apenas às ruas, praças e a própria casa do fumante.

Méritos (ou deméritos) da lei anti-fumo à parte, a campanha do girassol fumante é um interessante caso de uso das mídias sociais para promover uma ideia e bom contraponto aos pesados investimentos feitos pelo governo paulista em publicidade no seu sentido mais tradicional: inserções na TV e anúncios impressos.

Na prática, a planta que fuma é uma experiência sem caráter científico que compara dois girasóis adultos metidos num vaso e circundados por um cilindro de vidro semi-aberto. As duas plantas recebem a mesma quantidade de água, luz do Sol e ventilação. A não ser por uma diferença: uma delas é exposta diariamente à fumaça de cigarros.

O resultado visível no stop motion acima é que o girassol fumante morre em seis dias, após fumar (mas não tragar) 97 cigarrinhos. Sem nenhuma divulgação além da web, o projeto atraiu 800 seguidores no Twitter (@aplantaquefuma) e chegou a juntar mil usuários simultâneos no site www.aplantaquefuma.com.br

Se você apenas viu comerciais da lei anti-fumo na TV e revistas e nem sabia da iniciativa online, é uma demonstração viva de que não se pode pensar em campanhas de grande impacto ignorando as mídias de maior alcance.

O relativo sucesso do girassol-online-fumante, por outro lado, consolida a quase consensual teoria de que não é possível mais fazer campanha (de qualquer tipo) sem levar em conta a web.
 
 
 
Fonte: Info

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar