Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

FUNÇÕES E PREÇO DO PLAYSTATION 3 SLIM FAZEM DELE A MELHOR ESCOLHA

03/09/2009

O redesenhado PlayStation 3 (120 GB) não está menor apenas no preço (100 dólares mais barato, nos Estados Unidos) que a versão anterior. A versão Slim do console da Sony, que começou a ser vendida em 1/9 nos Estados Unidos por 300 dólares, também está 33% menor do que o PS3 original e 36% mais leve.

Por esse preço, você leva um console de primeira categoria que é capaz de reproduzir discos Blu-ray (vem com saída HDMI de 1080p), acesso por Bluetooth e redes Wi-Fi 802.11g, disco rígido de 120 gigabytes (GB) que pode ser substituído, conexão para redes gigabit Ethernet, suporte a áudio Dolby Digital de 7.1 canais e, claro, o mais poderoso processador que a Sony pode oferecer. Ah! Sim, ele é compatível com títulos do PlayStation 3.

A mudança interna mais notável é ampliação da capacidade de armazenamento, que passou de 80GB para 120GB. Externamente, no lugar de um acabamento em preto brilhante, a cor preta tem um aspecto fosco. Isso não quer dizer o fim das marcas de dedos, embora agora elas apareçam menos. Ah. A Sony também deixou o console com ângulos e arestas menos proeminentes.

ps3_slim_compara.jpg
PS3 original (à esquerda) e PS3 Slim: 33% menor

Balançamos e chacoalhamos o console e a impressão que nos passa e de estar mais bem construído e sólido que o PS3 original.

O PlayStation 3 Slim pesa 3,1 quilogramas e tem um formato quadrangular com 28,9 centímetros de lado e 6,6 cm de altura. Apesar de redução de 33% em suas dimensões, ele ainda é um console grande e ocupa tanto espaço quando um DVD de mesa convencional.

O PS3 Slim manteve a maioria das funcionalidades do sistema origina, mas a Sony fez alguns pequenos ajustes. Em vez de quatro portas USB, o PlayStation traz apenas duas (uma infeliz limitação quando se tenta jogar o Guitar Hero ou Rock Band com mais de dois periféricos por cabo (microfone, guitarra e bateria) ou quando se quer acessar um drive externo (ou três) enquanto se está carregando a bateria dos dois controles.

ps3_slim_usb.jpg
Em vez de quatro, apenas duas portas USB

Na embalagem você encontra os mesmos periféricos que vinha na edição original do PS3: cabo de áudio e vídeo composto e um controle sem fio Dual Shock 3 com um caba mini-USB e USB para recarga. No cabo de alimentação, a Sony adotou dois pinos no plugue que se conecta ao console (como no PS2). Infelizmente, o PS3 Slim, bem como sua versão prévia, não vem com um útil cabo HDMI.

Para quem tem um TV da família Bravia, da Sony e planeja conectar o console por meio da entrada HDMI, vai contar com uma função de sincronismo que possibilita acessar as funções de mídia (Cross Media Bar ? XMB) do PS3 Slim usando o controle remota da TV. Em nossos testes, como o modelo KDL-20B4050, não conseguimos ativar tal funcionalidade. A TV indicou reconhecer o console na configuração do HDMI (é preciso habilitar isso tanto no televisor quanto no console), mas recusou-se a aceitar os comandos na interface XMB.

ps3_slim_entrada_força.jpg
Cabo de força com dois pinos, como o PS2

Mas o console desligou-se automaticamente quando a TV foi desligada, em consonância com a sincronização da TV. Os controles sem fio do PS3 Slim permitem controlar vídeos. Entretanto, funções multimídia mais avançadas irão exigir um controle remoto específico da Sony, que não vem com o console.

O Slim mantém a mesma compatibilidade do PS3 original, com relação aos jogos do PlayStation 1 e, como o PS3, não é capaz de lidar com jogos para o PlayStation 2 (para os quais existe uma variedade enorme de títulos) ? funcionalidade que a Sony diz, agora, está totalmente descartada. Ou seja, fãs do PlayStation que não estão interessados em aposentar os títulos do PS2 terá de conviver para sempre com os dois consoles em suas estantes e ocupando espaço nas entras das TVs.

Está ausente também qualquer opção de instalar um sistema operacional diferente, com o Linux. Entretanto, esta é uma funcionalidade que muitos gamers e proprietários do PS3 original sequer sabiam existir.

O PS3 Slim também pode ser acomodado, tanto vertical quanto horizontalmente (mas você terá de comprar um suporte, caso deseje manter o console na vertical). O tamanho reduzido e formato atual do PS3 Slim torna mais fácil acomodá-lo, mas nem sempre será possível acomodá-lo ao lado de uma TV LCD, caso utilize uma estante de tamanho padrão.

A carga de um game ou vídeo que estejam armazenados em um disco Blu-ray levou dez segundos, contatos a partir do momento que o mecanismo carrega a mídia até o surgimento do respectivo ícone no XBM, praticamente o mesmo tempo do PS3 versão original. E a reprodução de discos Blu-ray não sofreu qualquer alteração.

O drive óptico está mais silencioso. No teste com o Metal Gear Solid 4, com uma instalação novinha em folha, não foi possível ouvir o som do drive sendo acelerado mesmo com a cabeça encostada na parte externa do console. Contudo, o ruído que o drive fez ao carregar ou ejetar o disco é definitivamente mais alto, e isso não tem nada a ver com o fato de o resto estar mais silencioso.

O mecanismo de resfriamento emite um som audível, mas baixo. O teste com o game, feito em uma sala silenciosa, mostrou que o PS3 faz menos barulho que um MacBook Air. O motivo: a Sony incluiu uma ventoinha maior com 17 hélices e um motor diferente que permite ao sistema movimentar mais ar a uma velocidade menor da ventoinha e, consequentemente, fazendo menos ruído.

O novo processador usa tecnologia de 45 nanômetros (nm) e não a de 65nm que vinha no PS3 original, o que significa um consumo menor de energia (de 110 watts (W) para 73W, em média. Mesmo assim, o novo console opera a uma temperara ligeiramente mais alta.

O formato mais fino do PS3 Slim, projetado para promover um melhor fluxo de ar, ajuda evitar aquecimento excessivo. Em contrapartida, o chassis como um todo tende a ficar ?morno?, mas nunca quente em excesso. Por isso, caso esteja planejando instalar o PS3 Slim em algum lugar confinado, nas proximidades de outro eletrônico que também gere calor, sugerimos repensar esse projeto.

O PS3 original (e sua capacidade de reproduzir discos Blu-ray) era competitivo a 400 dólares ? preços de referência no mercado norte-americano. Um equipamento mais moderno, menor e mais econômico em termos de consumo energético por 300 reais tornam o PS3 Slim um concorrente e tanto no mercado competitivo de consoles. Agregue a isso os títulos de jogos disponíveis, funções de rede social (Como o PlayStation Home), a capacidade de reproduzir músicas e vídeos, navegar na web e ver fotos fazem do PS3 Slim a melhor escolha dentre os sistema de jogo digital na Sony.


 

PlayStation 3 Slim (120GB)
Fabricante: Sony
Para que serve: Console para games de última geração
Pontos fortes:

Mais leve e menor
Melhor consumo de energia
Mais silencioso e aquece menos
Preço mais competitivo

Pontos fracos:

Apenas duas portas USB
Só é compatível com games para PS1

*Avaliação final  9,0
Preço: US$ 300 (nos Estados Unidos - sem previsão de venda no Brasil)
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Fonte: Pc World

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar