Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

O GOOGLE JÁ SABE PREVER O FUTURO

21/08/2009

 
 

Os engenheiros do Google criaram um método que consegue prever metade das tendências de buscas com um ano de antecedência. Sinistro.

Em post no blog do Google Research, a empresa explicou que, ao se analisar um grande volume de pesquisas, é possível perceber que alguns padrões se repetem. Mas a maior novidade foram os dados revelados no texto, que mostram de leve o enorme poder que Larry Page, Sergey Brin e seus colaboradores têm nas mãos. A pesquisa foi desenvolvida por Yair Shimshoni, Niv Efron e Yossi Matias, do Google Labs de Israel.

De acordo com eles, as buscas de algumas áreas conseguem ser previstas com maior eficácia. Em Saúde, dá para conhecer antecipadamente 74% das pesquisas que serão feitas. Na área de Comidas e Bebidas, o acerto chega a 67%. Já em Viagem, o índice fica em 65%. E por aí vai: Compras (63%), Automóveis (58%), Financiamentos e Seguros (53%), Imóveis (50%), Telecomunicações (46%), Entretenimento (35%) e Redes Sociais (27%). 

Para chegar a esses números, eles usaram o serviço Google Insights for Search, que acaba de ganhar uma versão em português. O sistema adotado foi o seguinte: os pesquisadores determinaram um ponto no passado (agosto de 2008). A partir daí, fizeram previsões de tendências para um ano no futuro (de agosto de 2008 a julho de 2009), com base no histórico das informações do banco de dados do Google (de janeiro de 2004 a julho de 2008). Depois, compararam esses resultados com as tendências de busca que realmente ocorreram ao longo do período.

A análise usou dados de cinco países, que resultaram em diferentes índices de previsibilidade. O maior ficou com a Alemanha (56%), enquanto o menor foi registrado no Brasil (46%). No meio do bolo aparecem Estados Unidos (54%), Reino Unido (51%) e França (47%). Um tanto quanto assustador. Quem quiser pode brincar de Mãe Dináh no Google Insights for Search, que agora prevê algumas buscas.

Estudos como esse (leia o paper abaixo) mostram que o Google sabe muito bem o que se passa na cabeça das pessoas. Com isso, pode programar sua atuação com antecedência. A empresa pode anunciar, sem medo de errar feio, serviços que as pessoas desejam ? ou então exibir publicidade que os internautas querem ver em uma determinada época do ano. Está explicado porque eles continuam nadando em dinheiro.
 
 
 
Fonte: Info Online

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar