Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

PROIBIÇÃO DE VENDA DO SPEEDY CAUSA DEMISSÕES

18/08/2009

Proibição de venda do Speedy causa demissões
 
A proibição de venda do Speedy, banda larga da Telefônica, pode provocar demissões, segundo comunicado de sindicatos.

A informação consta em nota assinada por Vivien Mello Suruagy, presidente do Sinstal, o Sindicato Nacional das Empresas Prestadoras de Serviços e Instaladoras de Sistemas e Redes de por Assinatura Cabo MMDS DTH e Telecomunicações e do Sitesp, Sindicato das Empresas Prestadoras de Serviços de TV por Assinatura e Telecomunicações do Estado de São Paulo.
 

De acordo com as informações divulgadas, proibição da venda do Speedy está causando problemas financeiros às empresas que terceirizam a comercialização do serviço de banda larga.

Segundo informa a nota, mais de 20 mil pessoas podem ser demitidas por causa da proibição.

A Telefônica não se pronunciou sobre a nota. A Agência Nacional de Telecomunicações, responsável pela proibição da venda do Speedy desde o dia 22 de junho, afirmou que recebeu a documentação da Telefônica e está acompanhando as ações da companhia, mas não se pronunciou sobre a nota do Sinstal e Sitesp.
 
 
 
 
Fonte: Info

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar