Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

ESTREIA O NOVO DOCUMENTÁRIO DE EDUARDO COUTINHO

10/08/2009

Estreia nesta sexta-feira, 7, o novo filme de Eduardo Coutinho. "Moscou" documenta uma montagem do grupo Galpão, de Minas Gerais, para a peça "As Três Irmãs", de Chekhov, dirigida por Enrique Dias e feita especialmente para o longa-metragem. Aos 76 anos, o diretor nunca produziu tanto: este é o sexto trabalho dele lançado nos anos 2000. Os anteriores foram: Jogo De Cena (2007), O Fim e o Princípio (2005), Peões (2004), Edifício Master (2002) e Babilônia (2000).

Ganhador do prêmio da crítica para Melhor Documentário do Festival Paulínia de Cinema deste ano, "Moscou" correu o risco de nunca chegar aos cinemas. Após 70 horas de captação de cenas sem um roteiro definido - o que é praxe nos métodos do cineasta - Coutinho não estava convencido de que conseguiria transformar o material em um filme. O diretor só encontrou os caminhos para a montagem após ouvir a opinião do produtor e amigo de longa data João Moreira Salles. "Sem ele, eu não sairia desse buraco", afirma Coutinho. A situação fez com que o próprio diretor se questionasse.

"Pensei em largar o cinema", assume. "A única coisa que faço na vida que tem sentido é filmar. Se gasto o dinheiro, perco o tempo e faço um filme medíocre, é um abalo terrível. Não é preciso um crítico me dizer isso."

Confira a íntegra da entrevista com Eduardo Coutinho - na qual ele conta como resolveu seus dilemas e analisa a evolução do gênero do qual se tornou ícone no País - na próxima edição impressa de Meio & Mensagem, que circula com data de 10 de Agosto de 2009.
 
 
 
 
Fonte: M&M Online

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar