Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

POLTRONA SACODE E TREME DE ACORDO COM O RITMO DO FILME

01/08/2009

Durante uma cena de perseguição automobilística, a poltrona sacoleja quando o carro faz curvas fechadas e estremece durante colisões e tiros --a intensidade da vibração depende do calibre dos projéteis.

É essa a experiência do D-Box (www.d-box.com), sistema que reproduz na mobília da sala de estar os movimentos de filmes. Desenvolvido pela empresa canadense homônima, ele é distribuído no Brasil pela 4-Home-e, em cuja sede a Folha testou o equipamento, com cenas de longas como "Matrix" e "Procurando Nemo".

Rafael Hupsel/Folha Imagem
Alexandre Flit, diretor da 4-Home-e, que distribui o D-Box noBrasil; equipamento reproduz, na poltrona, movimentos de filmes
Alexandre Flit, diretor da 4-Home-e, que distribui o D-Box noBrasil; equipamento reproduz, na poltrona, os movimentos dos filmes

Assim como projeções tridimensionais e aparelhos que reproduzem cheiros, o D-Box é uma das tecnologias que buscam intensificar a imersão do espectador.

O equipamento consiste em uma plataforma que deve ser conectada ao sistema de home theater. Ele pode ser instalado sob qualquer poltrona, segundo o fabricante, e conta com mecanismos chamados atuadores, responsáveis por reproduzir na mobília os movimentos que aparecem na tela.

A intensidade pode ser regulada por meio de um pequeno controle remoto.

Segundo a D-Box, existem 850 filmes que funcionam com o equipamento. Alguns lançamentos em Blu-ray, formato sucessor do DVD, já trazem na caixinha o selo "D-Box Motion Code", que atesta a compatibilidade do título com o sistema.

Entre os filmes que suportam essa tecnologia estão "Exterminador do Futuro 2", "Velozes e Furiosos", "Sin City", "X-Men" e "Todo-Poderoso".

Embora o sistema seja imediatamente associado a cenas frenéticas de filmes de ação, há aplicações mais inusitadas e sutis, como a sincronia com os batimentos cardíacos de um personagem em uma cena tensa.

O preço do equipamento, à venda no país, é de fazer cair da poltrona: R$ 37 mil (só a plataforma) ou R$ 52 mil (incluindo a mobília).

Em breve, porém, brasileiros poderão experimentar a sensação sem precisar gastar uma fortuna. Segundo Alexandre Flit, diretor da 4-Home-e, a empresa já negocia com salas de cinema em São Paulo e no Rio de Janeiro a instalação de poltronas com D-Box. Os ingressos para as fileiras com o sistema custarão mais caro que os comuns. Nos EUA, já há salas com o equipamento.

Games

A D-Box fabrica ainda plataformas que reproduzem movimentos em games de carro, avião e tiro em primeira pessoa para computador, como Need for Speed Undercover, Flight Simulator X e Crysis Warhead.

Flit afirma que a 4-Home-e pretende comercializar os equipamentos para games no Brasil em breve e que os demonstrará na edição carioca do evento Casa Cor, que ocorre entre setembro e outubro.
 
 
 
Fonte: Folha

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar