Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

SAIBA COMO A PALM REABILITOU O PRE NO ITUNES

25/07/2009

Palm Pre e o iTunes
 
 

Para contornar a atualização liberada pela Apple que desabilita a sincronia do Pre com o iTunes, a Palm recorreu a um truquezinho safado: de forma deliberada, ela passou a identificar o seu próprio smartphone rodando o webOS 1.1 como um dispositivo produzido pela Apple. Deste modo, o reconhecimento acontece tranquilamente em Macs e PCs.

Aliás, essa briga ainda vai dar o que falar. Quem pegou o bonde no meio do caminho precisa saber, antes de mais nada, que anteriormente a Palm informava ao iTunes que o Pre era um iPod. Assim, o programa da Apple o identificava como um dispositivo de armazenamento de arquivos e, com isso, era possível transferir músicas, playlists, etc.

Em resposta a este uso, digamos, ?não-autorizado?, a Apple liberou uma pequena atualização que inviabilizou a conectividade entre o smartphone e o software. Não satisfeita, a Palm lançou uma pequena correção em seu webOS (a versão 1.1) como contra-resposta que reestabelece a troca de dados entre os dois.

Hack do webOS1.1O pequeno detalhe nessa solução é como ela acontece. Ao lado, vemos as informações que são fornecidas pelo webOS 1.1 ao iTunes. Se antes ele era visto como um iPod, agora ele diz que é ?da família?. Ou seja, está ?tudo em casa?.

Fica aqui a questão: será que é tão complicado para os programadores da Palm desenvolverem um aplicativo para atualizar o Pre? Ou isso já se tornou uma picuinha entre as duas empresas que provavelmente vai acabar na justiça? Eu não possuo conhecimento jurídico suficiente para determinar nada, mas concordo com a especulação levantada por blogs de que a Palm dessa vez foi longe demais e está violando certos limites aqui.

O primeiro deles é uma cláusula que rege os padrões da tecnologia USB, e que não permite que um dispositivo forneça o nome errado do seu fabricante. O segundo refere-se a questões éticas, pois o que acontece aqui, analogicamente falando, é como se eu assumisse a identidade de outra pessoa e estabelecesse acordos, trocasse informações, etc.

Hoje mais cedo, noticiamos que a Palm decidiu acusar a Apple de abusar da implementação USB no iTunes. Ok, sem problemas, Palm! Mas não custa nada fazer uma visita a Cupertino e resolver isso de modo diplomático e amistoso, não acha? Do jeito que a coisa vai, os únicos Prejudicados nessa história serão justamente os clientes.
 
 
 
Fonte: Macmagazine

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar