Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

WINDOWS 7? O GOOGLE CHROME OS VEM AÍ

09/07/2009

 


Bill Gates, you have a Bing ? ops! ? big problem. O Google vai lançar um sistema operacional. Quem mandou mexer com o pessoal de Mountain View?

O anúncio do Google Chrome OS foi feito na noite de ontem, por meio de um post no blog oficial do Google. Talvez para garantir que o pessoal da Microsoft passasse a noite em claro ou tivesse pesadelos. Acho que Steve Ballmer acordou louco, no meio da madrugada, e deu um grito: ?Developers!? E Bill Gates, suando frio, pode ter telefonado para Steve Jobs, com o objetivo de propor uma aliança depois de décadas de guerra.

O fato é que a notícia caiu como uma bomba nuclear. O problema é que todo mundo pode sair ferido pelo impacto ? inclusive a própria empresa de Larry Page e Sergey Brin, que sempre negou estar envolvida em um projeto desse tipo. Criado com o kernel do Linux e quase nada mais, o sistema operacional será superenxuto, feito sob medida para rodar o navegador Chrome (e provavelmente o Google Gears). Ao que parece, os usuários vão executar todas as aplicações dentro do browser. Adeus, softwares instalados no micro.

O Chrome OS começará a aparecer em netbooks no ano que vem. Por terem hardware menos potente, eles pedem um sistema mais simples e leve. Serão a primeira frente de ataque do Google à Microsoft, que já estava certa de que faria o Windows 7 dominar esse mercado. A empresa de Mountain View, no entano, nega essa intenção. ?É um sistema operacional pensado para os dias de hoje?, disse Félix Ximenes, diretor de comunicação do Google Brasil, em entrevista coletiva nesta quarta-feira (8). ?Hoje em dia as pessoas passam muito mais tempo nos seus computadores online do que fazendo outras atividades.?

Ximenes admite, porém, que, uma vez que o sistema estiver maduro, poderá rodar em qualquer máquina. Fica a impressão de que o Google, fervoroso adepto da computação em nuvem, quer estimular o desenvolvimento de aplicativos mais avançados feitos para rodar em browsers. Como o código será aberto, nada impede que, com o passar do tempo, o Chrome OS ganhe mais funcionalidades, passe a rodar softwares além do navegador, e se torne complexo o suficiente para competir de igual para igual com o Windows. Isso o tornaria uma ameaça até para o Ubuntu e as outras distribuições Linux com foco no usuário final.

O Google também pode sair bem machucado dessa história. A estratégia de integrar navegador e sistema operacional foi adotada pela Microsoft tempos atrás, com o Internet Explorer, e destruiu a imagem da companhia, acusada de ser monopolista. Imagine o que os órgãos reguladores dirão de um sistema 100% gratuito, que impede a instalação de outros browsers e de quaisquer outros programas? Para Ximenes, não haverá problemas, uma vez que o código será aberto e qualquer um poderá alterá-lo.

Também há a promessa de que o Chrome OS será o sistema mais seguro do planeta. ?Estamos redesenhando completamente a arquitetura de segurança, para que os usuários não tenham que lidar com vírus, malware e atualizações de segurança. Simplesmente deve funcionar?, disseram executivos do Google no blog oficial. Difícil. Ainda assim, Bill Gates e Steve Ballmer têm, sim, um milhão de motivos para não dormir em paz por um bom tempo.
 
 
Fonte: Info

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar