Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

SOFTWARE LIVRE GANHA FORÇA COM SISTEMA OPERACIONAL DO GOOGLE

09/07/2009

O anúncio do sistema operacional Google Chrome OS, baseado no kernel do Linux ? sistema de código aberto que já serviu como base do navegador Chrome ? vai impulsionar a adoção do software livre entre empresas e usuários, avaliam executivos do mercado de sistemas de código aberto.

"O código aberto provou ser um modelo melhor de desenvolvimento e a plataforma do futuro?, comentou uma porta-voz da Red Hat, uma das maiores distribuidoras de Linux do mundo, por e-mail, ao IDG Now!. ?O momento e o interesse de fornecedores líderes de tecnologia continua a crescer. Estamos ansiosos para ver como este projeto vai progredir?.

Fábio Filho, gerente da Canonical, distribuidora do sistema operacional Ubuntu, na América Latina, concorda com a Red Hat, mas acredita que o Chrome OS não será uma plataforma completa para desktop. ?O Chrome OS segue o objetivo de endereçar a computação em nuvem ? na qual os dados estão descentralizados em servidores web ? oferecendo acesso a informações mais rápido, na tentativa de melhorar a conectividade das aplicações online do Google?, analisa. ?Mas acho que pouca gente sabe o que é manter um sistema operacional e não sei se esse é o ramo do Google?, observa.

Uma das vantagens do sistema operacional do Google será a legalização, aponta o diretor de estratégias das empresas de consultoria e treinamento em software livre, 4Linux e HackerTeen, Marcelo Marques. ?Enxergo uma migração dentro das empresas que não querem mais usar softwares piradas, bem como uma melhor integração entre servidores Linux e o sistema do Google no desktop?, avalia.

Trilha do Android
A oferta de um sistema operacional baseado em Linux não é novidade para o mercado, nota Alexandre Campos, gerente de consultoria da IDC Brasil. ?Eles sempre foram a favor da causa (...). Acho que o Google já tem um time grande de engenheiros e vai ganhar a contribuição de muito mais pessoas da comunidade de software livre?.

Para o analista, o lançamento do Chrome OS começando pelos netbooks ? laptops portáteis com funções simplificadas e foco em acesso à internet ? dá continuidade à estratégia iniciada pelo Android, sistema operacional para celulares e smartphones do Google, acompanhando dispositivos conectados à internet.

No entanto, Campos aponta que mesmo com um bom sistema, o Google terá de organizar muito bem suas parcerias com fabricantes para conquistar espaço. ?Os sistemas para netbooks vão ganhar um concorrente de respeito, mas há várias etapas do negócio de distribuição de software que os concorrentes dominam?, analisa.

Perigo antitruste
Se entregar um sistema operacional leve, que suporte o uso de aplicações online por diferentes browsers e plataformas, como promete com o Chrome OS, o Google está no caminho certo, aponta Filho, da Canonical. No entanto, segundo o executivo, o gigante de buscas deve tomar cuidado para não seguir o caminho da Microsoft ao gerar processos antitruste por ter embutido o navegador Internet Explorer no sistema operacional Windows.
 
 
 
Fonte: IdGNow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar