Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

TESTES DE RECUPERAÇÃO FALHAM 30% DAS VEZES

02/07/2009

Testes de recuperação falham 30% das vezes
 
 
 Em pesquisa realizada com 1 650 empresas do mundo inteiro, a Symantec constatou que 30% dos testes de recuperação de desastres falham.

O estudo levou em conta companhias com mais de cinco mil funcionários e constatou que 60% dos aplicativos são considerados de extrema importância. Justamente por isso, no ano passado, 93% das empresas implementaram planos de recuperação de desastres, sendo que a média para acionar o back-up e voltar a funcionar foi de quatro horas depois das falhas.
 
 

Apesar de importantes, os testes para recuperação de desastres ainda têm uma imagem negativa nas empresas. Quando perguntados a respeito dos impedimentos de realizar testes completos envolvendo todo o cenário, 40% dos entrevistados alegaram medo de causar distúrbios aos clientes e um número ainda maior, 44%, disse que poderia causar problemas aos funcionários.

A ?Disaster Recovery Global Data?, pesquisa anual de recuperação de desastres realizada pela Symantec, ouviu, em sua maioria, CIOs ou CTOs de empresas (um terço dos participantes). Gerentes de TI correspondem a 29% do grupo questionado e o restante está dividido entre VPs e SVPs(13%), trabalhadores de TI (12%) e gerentes e diretores de data centers (11%). 

Os entrevistados responderam também sobre a verba destinada aos planos de recuperação de desastres. Para 2010, 52% deles acredita que o valor será o mesmo de 2009, enquanto 42% acham que ele será maior. 
 
 
 
Fonte: Info

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar