Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

NF-E COMPLICA EMPRESAS

16/06/2009

A medida que a Nota Fiscal Eletrônica passa a fazer parte do vocabulário do mercado, as pequenas empresas vão revelando dificuldades com sua implementação. Para tentar garantir que as empresas possam emitir suas notas fiscais eletrônicas, a Receita Federal, através das Secretarias de Fazenda, oferece um programa de computador que pode ser baixado e instalado por qualquer empresa que tenha a obrigação legal de emitir a NF-e, cujo prazo termina em 30 de setembro próximo para muitas categorias de empresas em todo o território nacional.

A Intelecta Tecnologia, fornecedora do software Empresário3 de gestão empresarial, identificou inúmeros erros cometidos pelas micro e pequenas empresas durante o processo de emissão da NF-e e constatou também que a aplicação fornecida pelo Fisco não é a solução adequada para garantir a emissão das notas e evitar que erros sejam cometidos durante esta tarefa.

Outro grande problema é a cobrança de multa caso o documento não seja entregue no tempo determinado, acarretando possíveis investigações fiscais.

Os principais erros cometidos estão relacionados ao envio de informações sobre Fornecedores e Clientes com CNPJ inabilitados (Cadastro Cliente); Alíquota do ICMS da entrada da mercadoria (Cadastro Fornecedor); Classificação fiscal na venda (Cadastro Produto) e Declaração Fiscal (parâmetros do ramo da empresa).

De acordo com Francisco Fernandes, diretor de Relacionamento e Novos Negócios da Intelecta, as micro e pequenas empresas durante este processo ?são obrigadas a se debruçar sobre livros contábeis para entender as obrigações legais, além de readequar seus processos, cadastros, campos em formulários eletrônicos e fiscais, codificar clientes, fornecedores e produtos. Na verdade, as MPEs deveriam se ocupar de seu negócio e adotar uma solução melhor que a oferecida pelo Fisco?, comenta.
 
 
 
Fonte: PcMag

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar