Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

BING DEIXA GOOGLE COM MEDO DA MICROSOFT

16/06/2009

 
 

Sergei Brin, um dos fundadores do Google, montou uma equipe de emergência para melhorar o buscador.

A notícia foi dada ontem pelo New York Post. Segundo o jornal novaiorquino, Sergei Brin ficou tão impressionado com o Bing que está liderando pessoalmente uma equipe encarregada de determinar o que os algoritmos de busca da Microsoft têm que os do Google não têm. O grupo reúne, segundo o jornal, a elite dos engenheiros de software do Google. Brin, que fundou o Google em 1998 com Larry Page, seu colega na universidade de Stanford, não costuma colocar a mão na massa dessa maneira. Em geral, seu papel no Google é estratégico - não operacional. Seu envolvimento direto nessa tarefa dá uma idéia da importância que o Google está dando a ela.

O Bing começou a funcionar há duas semanas, substituindo o fraco Live Search. No dia 4, chegou a superar o Yahoo! em audiência global, ficando em segundo lugar entre os sites de  busca. Passada a curiosidade inicial pelo novo serviço, porém, ele voltou à terceira posição. Ontem, tinha apenas 2,7% da audiência dos mecanismos de busca, contra 4,9% do Yahoo! e 90,6% do Google. Os números são da empresa americana StatCounter. O Bing trouxe ganho significativo em relação ao velho Live Search. Mesmo assim, a audiência atual do buscador da Microsoft obviamente não representa ameaça ao Google.

Mas a estimativa do mercado é que a Microsoft está gastando entre 80 e 100 milhões de dólares em publicidade para divulgar o novo serviço. Isso é quatro vezes o gasto anual em publicidade do Google. Também é certo que a equipe que desenvolveu o Bing continua trabalhando em novos aperfeiçoamentos. E, em muitos países, incluindo o Brasil, o serviço ainda nem funciona completamente. Ou seja, o que vimos, até agora, é só o começo. Considerando isso, Sergei Brin parece ter concluído que o Bing tem potencial - e achou melhor, por via das dúvidas, reforçar o Google.
 
 
 
Fonte: Info

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar