Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

CONHEÇA QUATRO TECNOLOGIAS QUE PROMETEM REDUZIR CUSTOS NAS EMPRESAS

03/06/2009

Apesar do Windows estar em 97% dos computadores instalados em corporações no Brasil, a crise financeira vem fazendo as empresas olharem com mais atenção para alternativas de software aberto para seus parques computacionais.

De acordo com Juan Carlos Cerrutti, vice-presidente de computação para usuários finais da Novell para a região das Américas, nos últimos seis meses cresceu o interesse das corporações em avaliar o uso de Linux em desktops - especialmente em máquinas cuja utilização é básica.

Essa curiosidade, acrescenta Cerrutti, deve-se à possibilidade de redução de custos que a substituição do pagamento de licenças por software proprietário traz para as empresas. "De maneira muito fácil você duplica ou triplica a economia. A migração do Microsoft Office fornece retorno de investimento rapidamente e com baixo risco", avalia o executivo.

Além da adesão a soluções de código aberto, Cerrutti aponta três outras tecnologias como alternativas rápidas e eficientes para reduzir custos - todas oferecidas pela empresa e por concorrentes. As duas primeiras são virtualização de servidores e virtualização de desktop, que oferecem, respectivamente, diminuição de gastos com hardware, administração, testes e implementação de aplicativos.

A terceira é o gerenciamento de ativos de software, uma tendência recente e pouco usada pelas empresas, segundo o VP da Novell, mas que pode resultar em uma excelente otimização de recursos.

De acordo com Cerrutti, um cliente da Novell com 30 mil usuários obteve economia anual de 2 milhões de dólares ao adotar uma solução do tipo. "Essas ferramentas mostram e avaliam o gerenciamento dos ativos de software da companhia. É uma área de potencial redução de custos e as empresas não estão usando", informa.

Cerrutti acrescenta que três tópicos estão na agenda dos executivos de tecnologia da informação nos últimos 25 anos: redução de custos, risco e governança. A importância de cada um deles varia em função do momento econômico. Há dois anos, governança era o mais relevante; hoje, redução de custos ocupa este espaço, ressalta o vice-presidente da Novell.

 
 
 
Fonte: PCWorld

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar