Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

ACER VAI VENDER NETBOOKS COM SISTEMA ANDROID, DO GOOGLE

03/06/2009

A Acer, terceira maior marca de computadores do mundo, planeja vender netbooks rodando com o sistema operacional Android, desenvolvido pelo Google --o que coloca uma ameaça potencial ao sistema operacional Windows, da Microsoft.

A empresa foi a primeira fabricante de computadores a tornar oficial o anúncio de que usará o Android nos equipamentos, semanas depois de dizer que também planeja lançar smartphones --telefones cuja capacidade se assemelha à de um computador-- na mesma plataforma de sistema operacional, até o final deste ano.

Pichi Chuang-26.jan.09/Reuters
Atendente usa netbook em loja de computadores; Acer informa que fabricará netbooks com sistema operacional Android, do Google
Atendente usa netbook em loja de computadores; Acer informa que fabricará netbooks com sistema operacional Android, do Google

"Os netbooks de hoje ainda não estão próximos da perfeição. Em dois anos, tudo será muito diferente", previu Jim Wong, presidente global de produtos da Acer durante a Computex, conferência que acontece nesta semana, em Taipei (Taiwan).

"Se nós não continuarmos a mudar nossos dispositivos móveis, consumidores podem escolher qualquer outro [fabricante]."

Wang não quis informar números relativos à quantidade ou preço dos netbooks feitos com Android, cujo funcionamento ocorrerá por meio do processador de baixo custo e de baixa performance Atom, fabricado pela Intel.

No entanto, o executivo informou que a companhia prossegue vendendo netbooks com o sistema operacional Windows.

Baixo custo

Os netbooks são pequenos computadores portáteis, feitos para operações simples, como navegação na internet ou edição de planilhas e textos. No Brasil, o preço de cada equipamento varia --alguns equipamentos chegam a ter preços semelhantes a de notebooks.

A estratégia da Acer deve baratear o custo do netbook --as empresas pagam por volta de US$ 25 por máquina, a fim de instalar o Windows XP.

O Android tem custo mais baixo devido à natureza aberta do sistema operacional, que permite a alteração de programadores, conforme julguem necessário.

"Muitos sistemas já estão disponíveis para o consumidor, e não vamos deixar de colocar um à disposição por causa de outros", disse Wong.
 
 
 
Fonte: Info

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar