Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

WEB 3.0 VAI PERMITIR MAIS INTERAÇÃO ENTRE COMPUTADORES E USUÁRIOS

29/05/2009

A Web 3.0 aumentará a interação entre equipamentos, pessoas e serviços. A afirmação é de Vinton Cerf, envagelista-chefe do Google, que acredita que a próxima geração da internet tornará o mundo mais conectado. Ele foi um dos participantes do Google Press Summit, que começou nesta quinta-feira em São Paulo e se estende até amanhã.

Ao ser questionado sobre a próxima onda depois da web 2.0 Cerf foi categórico: "para mim, essas expressões não passam de buzzwords. São termos de marketing".

Mesmo assim, o cientista fez previsões sobre o que, em sua opinião, deve ser a próxima geração da internet. Segundo Cerf, a chamada Web 3.0 deve promover a interação maior entre pessoas, serviços e equipamentos.

"Você poderá fazer coisas como entrar na internet, escolher as músicas e filmes que deseja comprar, fornecer o endereço IP de sua central multimídia de entretenimento, e um serviço de terceiros cuidará de mandar esse conteúdo para seu equipamento", exemplificou.

Esse tipo de aplicação, segundo ele, já e possível atualmente, mas deve se popularizar nos próximos anos. "Eu mesmo contratei um serviço que monitora a temperatura da minha adega e me avisa, por SMS, quando o nível do calor está acima do que eu gostaria. Recentemente, descobri que posso, inclusive, ampliar o serviço para poder reduzir também a temperatura remotamente", contou.

O novo jornalismo
Cerf abordou ainda as mudanças no jornalismo e no mercado de mídia com o desenvolvimento da internet. Ele disse que é preciso descobrir uma forma de compensar os jornais pelo conteúdo que publicam na web, para que o modelo de negócio continue existindo.

Sobre o papel dos jornalistas, o cientista acredita que não houve mudanças. "Diferente dos blogueiros, os jornalistas têm a obrigação de passar a informação mais objetiva, imparcial e isenta possível", avalia.

"Porém, acho que é importante que encontremos uma forma de organizar a web de forma que os jornalistas não tenham a obrigação do furo. Eles precisam ter tempo para apurar os fatos a fundo, e isto está sendo perdido com o termino do deadline."

Cerf é considerado um dos pais da internet. Ele participou da criação dos protocolos TCP/IP que suportam as conexões da rede. Foi contratado pelo Google em 2005 para conduzir a área de novos projetos e hoje é o evangelista-chefe da companhia.
 
 
Fonte: Wnews

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar