Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

O FIM DO GEOCITIES

25/05/2009

Geocities
 
 
É o fim de uma era. Desde o dia 23 de abril, usuários do GeoCities, site de hospedagem gratuita para sites, já se depararam com a mensagem, no ato do login, anunciando os últimos dias do serviço. O serviço será finalizado definitivamente até o final deste ano. Anos antes de blogs e redes sociais, o site dava voz a milhares de anônimos, loucos por um espaço virtual próprio. Eram tempos de ICQ, BBS, Netscape...  

Criado em 1994 pelos norte-americanos David Bohnett e John Rezner sob o nome Beverly Hills Internet (BHI), o serviço foi comprado em 1999 pelo
Yahoo! por cerca de U$ 4 bilhões. Atualmente, ainda que o GeoCities tenha respondido por 11 milhões de acessos no mês de abril (queda de 24% em relação ao março deste ano), o portal decidiu encerrar serviço gratuito.

Os usuários pagos do GeoCities terão desconto de 50% caso queiram migrar para o Yahoo! Web Hosting, também para hospedagem, com espaço e banda ilimitados e ainda com domínio e email próprios. Más notícias para quem desejaria experimentar o serviço em seus estertores: ele não está mais acessível para novos usuários.

Em comunicado, o Yahoo! avisa que optou pela descontinuidade das assinaturas de novos usuários para o GeoCities porque, segundo a empresa, o foco será ajudar os
clientes do portal a explorar e construir novos relacionamentos online de outras maneiras.

?Foi no Geocities que tive contato com as primeiras noções básicas de HTML, CGI, hospedagem?, lembra saudosita o web developer Paulo Henrique Alkmin da Costa, de 28 anos. ?De certa forma, foi lá que comecei a tomar gosto pela programação web em uma época em que ter um site com domínio próprio e servidor pago era para muito poucos. O Geocities foi o lar de muita gente?, destaca.

Edney Souza é a pessoa física por trás do Interney.net, guarda-chuva que hoje reúne uma série de blogs bem humorados, marcados pelo espírito libertário que caracteriza a internet. Em 1997, Edney construiu um site experimental para a empresa onde trabalhava e, para isso, utilizou o GeoCities. Logo depois criou o seu próprio, o Interney Homepage. O site durou até 2001.

Paulo Torres mantém desde 2001 um blog hospedado no GeoCities. Como já tinha outros sites hospedados no serviço desde 1997, entendeu não haver motivos para migrar para outro. ?Como sempre fiz O html à mão, o GeoCities sempre foi, para mim, muito simples de usar, mesmo quando o acesso por FTP foi fechado para quem usava o acesso gratuito?, lembra.

Com o fim do serviço, Torres ainda não sabe para onde migrar o blog. Ainda que já tenha colaborado com blogs hospedados no
wordpress e no blogspot, ele parece preferir o GeoCities, com as posíveis limitações que o serviço apresenta. ?É um espaço gratuito, com algumas restrições de acesso e espaço, mas atende a tudo o que meu blog precisa?, define. Ele e muitos outros vão sentir saudade.

?Sabe quando você volta à casa que morou quando era criança??, comenta Souza, sobre o fim do serviço. ?É como uma quitinete que muita gente morou e que agora  vai ser derrubada?, conclui Edney. 
 
 
 
Fonte: Pc Mag

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar