Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

BALLMER: RECUPERAÇÃO ECONÔMICA TRAZ OPORTUNIDADES PARA TI

15/05/2009

Quando a economia começar a se recuperar, o crescimento terá de vir de uma maior produtividade e inovação, declarou Steve Ballmer, CEO da Microsoft, durante a conferência Tech Ed, na Índia. E a indústria de tecnologia da informação terá um importante papel neste processo de recuperação, à medida que os clientes focarem no aumento da produtividade e da inovação, disse Ballmer em sua apresentação.

Muito do aumento da produtividade das empresas vem da tecnologia da informação, destacou Ballmer. A tecnologia da informação também continua a inovar e corporações de outras indústrias também precisam dessa inovação, acrescentou.

A economia mundial está passando por um raro processo de mudança, avaliou o CEO da Microsoft. Empresas e consumidores estavam tomando empréstimos para financiar despesas de capital. A tecnologia da informação representa 50% dessas despesas nos Estados Unidos. Os consumidores tomaram dinheiro emprestado para pagar por eletrônicos como PCs e monitores de tela plana, entre outras coisas.

A Microsoft anunciou em janeiro que demitiria 5.000 pessoas em todo o mundo. A empresa poderá rever este plano, se a situação econômica nos EUA piorar dramaticamente, declarou o executivo a jornalistas.

Ballmer também negou que a Microsoft planeje adquirir a SAP. Os rumores a este respeito foram alimentados por um movimento da empresa nesta segunda-feira, quando a Microsoft realizou uma oferta para levantar 3,75 bilhões de euros.

O executivo também informou que a Microsoft continuará a investir em novos produtos e tecnologias, incluindo cloud computing, apesar da recessão. A empresa também manterá investimentos em busca e espera que este setor veja mais inovação nos próximos 10 anos do que na última década.

A busca precisa se tormar mais semântica e entender o que os usuários querem procurar, segundo Ballmer. "O cara que não é o líder de mercado tem muita mais permissão para balançar as coisas", disse o CEO, referindo-se à busca e à Microsoft, sem, no entanto, citar planos específicos.
 
 
Fonte: Computerworld

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar