Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

GRAVADORAS E ESTÚDIOS PRESSIONAM POR DESCONEXÃO DE ´PIRATAS´

14/05/2009

Na mesma semana em que a França aprovou uma legislação que bloqueia o acesso à web por "piratas" de conteúdo multimídia, grupos que representam estúdios de cinema e gravadoras intensificaram a pressão para que o governo britânico tome atitude semelhante.

A British Phonographic Industry (BPI), a Federation Against Copyright Theft (FACT) e mais doze organizações que representam a indústria do entretenimento assinaram um anúncio conjunto, detalhando recomendações que deveriam ser incluídas no relatório Digital Britain Report.

O documento, que será publicado em 16 de junho, apresentará estratégias cobrindo todos os aspectos tecnológicos e uma perspectiva do futuro no país. Assim como formas de diminuir a pirataria online, o relatório também proporá maneiras de instalar acessos de até 2 Mbps e redes de fibra óptica por todo o país.

"O crescimento do compartilhamento ilegal de arquivos por P2P ameaça a criatividade da indústria já que filmes deixam de ser feitos, vendas de DVDs se deterioram e empregos são perdidos na produção e distribuição de conteúdo", afirmou John Woodward, chefe da UK Filme Council.

Na contramão, a organização de provedores Internet Service Providers Association (ISPA) se disse contra a carta aberta, se dizendo decepcionada pelas indústrias criativas continuarem a pedir leis para punição sem considerar a complicação que seria reformar o sistema de licenciamento de conteúdo.

O conselho responsável pelo Digital Britain Report está trabalhando com as empresas de mídia Virgin Media, Channel 4 e BSkyB em esboçar uma estratégia que tentará prevenir o download ilegal de conteúdo por punições aos usuários pegos.
 
 
 
Fonte: IdGNow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar